entrevista

GovCast: Edivan Azevedo destaca ações, tendências e desafios do agronegócio no Acre

“Tudo que acontece no campo reflete na cidade”, destacou o titular da pasta de Produção e Agronegócio, Edivan Azevedo, durante entrevista desta terça-feira, 15. Durante a edição do GovCast, Azevedo evidenciou algumas ações do setor que é um dos pilares de desenvolvimento do Acre. A roda de conversa foi apresentada pelos jornalistas Diego Gurgel e Júnior César.

Entrevistado do GovCast: Edivan Azevedo. Foto: Neto Lucena/Secom

No primeiro bloco, o gestor foi perguntado sobre os avanços da pasta da Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa) e falou dos novos caminhos para a agricultura familiar no estado.

Conversando com os jornalistas, o secretário Edivan disse: “O agronegócio está em expansão. Em 2022, o valor bruto da produção agropecuária do Acre está projetado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) em R$ 2,5 bilhões, 16% do PIB [Produto Interno Bruto] do estado”.

Avanço nas cadeias produtivas

Para o gestor, quando há um aumento na produção do campo isso representa ganhos no futuro, principalmente na área da exportação. “A pecuária é um exemplo de desenvolvimento. Quando o governador assumiu em 2019, o rebanho era de três milhões, atualmente, estamos com mais de quatro milhões de cabeça de gado”, disse.

“Agronegócio está em expansão”. Foto: Neto Lucena/Secom

Além da pecuária, os grãos passaram a ter outro status no estado. Com o apoio e fortalecimento do governo, o cultivo de milho no Acre, ultrapassou 105 mil toneladas em 2021.

Novos caminhos para agricultura familiar

Com o Projeto Mecanizar +, a Sepa tem apresentado resultados eficientes com a oferta de equipamentos e máquinas, que servem para a realização de destoca, mecanização e açudagem e têm aumentado a produção das cadeias de cultivo no Acre.

O programa promove mais políticas públicas para todos os municípios e possibilita mudanças positivas que podem ser vistas na comunidade Capatará, no Ramal Novo Horizonte e Capixaba.