apoio

Gladson Cameli pede apoio do ministro da Infraestrutura para execução de R$ 1 bilhão em obras

Mesmo diante da pandemia do novo coronavírus, o governador Gladson Cameli segue focado no desenvolvimento do Acre e em melhorias que beneficiem a população. Durante videoconferência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, nesta quarta-feira, 15, o gestor solicitou o apoio do governo federal para a execução de grandes obras ainda em 2020 e prioridade na aprovação de novos projetos voltados para a infraestrutura.

Cameli citou a manutenção dos quase 2 mil quilômetros de rodovias federais que cortam o estado como essenciais para manter a integração entre os municípios neste momento de crise. Na oportunidade, Gladson explicou ao ministro Tarcísio Gomes que há muitos anos as estradas estaduais não são restauradas, e pediu a destinação de recursos para que as melhorias sejam executadas.

Governador Gladson Cameli solicitou o apoio do ministro da Infraestrutura para garantir a execução de grandes obras no Acre Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Ministro, todos nós temos ciência da atual situação que vivemos, mas eu não poderia deixar de pedir prioridade para o nosso estado. Estamos fazendo de tudo para salvar vidas e, ao mesmo tempo, também estamos preocupados com a economia. A execução destas obras são de extrema importância para a geração de emprego e renda”, destacou o governador.

Para 2020, o planejamento do governo acreano é colocar em prática um audacioso pacote de obras que supera a cifra de R$ 1 bilhão. Entre as principais intervenções, estão viadutos, pontes, recuperação de aeródromos, reforma de diversos prédios públicos, manutenção de ramais, anel viário de Brasileia e Epitaciolândia e a nova orla de Rio Branco.

Gladson explicou que pacote de R$ 1 bilhão em obras é fundamental para o desenvolvimento do estado Foto: Marcos Vicentti/Secom

“O meu desejo é que possamos iniciar a execução destas obras ainda este ano. Por isso, aproveito este momento para pedir o apoio do Ministério da Infraestrutura e do governo federal para que possamos colocar tudo isso em prática. O Acre precisa muito disso para melhorar sua economia e melhorar a vida da nossa população”, argumentou Cameli.

Sensibilizado com o apelo do gestor acreano, Tarcísio Gomes esclareceu que o governo federal já trabalha na elaboração de um grande pacote de obras pós-pandemia da Covid-19 e que o Acre já está inserido neste projeto. “Vocês têm o nosso apoio e vamos caminhar juntos com o estado do Acre”, disse o ministro.

Gomes esclareceu ainda que a ponte sobre o rio Madeira, em Rondônia, está sendo tratada como prioridade e será inaugurada até o fim do ano. Assim como o início das obras do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia, com a construção de mais uma ponte sobre o rio Acre.

Por videoconferência, ministro Tarcísio Gomes afirmou apoiar o Acre e enfatizou que o estado está inserido em um grande projeto de obras em infraestrutura que será lançado pelo governo federal após a pandemia Foto: Marcos Vicentti/Secom

Presente na videoconferência, o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), general Santos Filho, afirmou ao governador Gladson Cameli que recursos na ordem de R$ 134 milhões foram disponibilizados para a recuperação das BRs 364 e 317 e que as duas rodovias contam, atualmente, com empresas contratadas para a realização de manutenções. Até o fim deste ano, o projeto que prevê a restauração da BR 317 deve ser aprovado, desta forma, mais R$ 90 milhões estão garantidos para a execução da obra, em 2021.

A reunião virtual contou ainda com a presença do secretário estadual de Infraestrutura, Ítalo César; do secretário de Desenvolvimento Urbano, Victor Bonecker; do diretor-presidente do Deracre, Ronan Lemos; e dos deputados federais Alan Rick, Jéssica Sales e Manuel Marcos.