diário oficial

Gladson Cameli nomeia contador Amarísio Freitas como novo secretário da Fazenda

Amarísio, que é auditor do Tribunal de Contas, era secretário-adjunto do Tesouro na pasta

O governador Gladson Cameli nomeou o auditor do Tribunal de Contas do Estado, Amarísio Freitas, para exercer o cargo de secretário de Estado de Fazenda (Sefaz). O indicado já desempenhava o papel de secretário-adjunto do Tesouro na pasta. Ele assume a função no lugar de Rômulo Grandidier.

O novo secretário já atuou em diferentes áreas, entre elas como coordenador de Curso de Graduação e Conselheiro no Conselho Regional e Federal de Contabilidade. Foto: cedida.
Amarísio Freitas esteve à frente da secretaria-adjunta do Tesouro da Sefaz por quase um ano e já assumia a pasta interinamente na ausência do titular. Foto: cedida.

O decreto de nomeação foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 17. Freitas assume a pasta com o desafio de conter os gastos, ajustes de contas e pôr em prática os projetos de modernização da gestão fiscal e tributária iniciadas pelo antecessor. O auditor de Controle Externo já ocupou diversos cargos importantes como analista de Controle Externo no Tribunal de Contas do Estado do Acre, analista técnico no Sebrae, palestrante e consultor empresarial, professor acadêmico e de pós-graduação, diretor Financeiro e Administrativo na Fundação de Pesquisa do Acre, pregoeiro na Comissão Permanente de Licitação de Rio Branco.

“Precisamos destacar o que foi feito e os avanços alcançados, além de dar continuidade nas ações do governo Gladson Cameli no que diz respeito à Fazenda Estadual, sobretudo na desburocratização de processos internos dando aos contribuintes e servidores mais celeridade e efetividade nas atividades, enfatizou Amarísio.

O ex-secretário Fazendário, Rômulo Grandidier, que esteve à frente do cargo por um ano e dois meses, agora assume como secretário da pasta da Secretaria de Estado da Casa Civil.

Entrega da agência da Sefaz em Senador Guiomard totalmente revitalizada, bem como entrega de veículo zero km que ajuda nas atividades de fiscalização da agência. Foto: Ascom/Sefaz.
Solenidade de assinatura de medidas econômicas em julho deste ano. O evento contou com a participação de membros da classe empresarial e o governador Gladson Cameli. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Durante sua gestão, Rômulo esteve à frente de importantes conquistas para a área econômica do Estado, bem como o desenvolvimento de socioeconômico, nas quais destacam-se: melhorias de infraestruturas nas agências de fiscalização no interior do estado; termos de cooperação para combate a sonegação; conquista do selo de participação do Programa Nacional de Prevenção à Corrupção; manteve a capacidade de pagamento do estado na nota B; promoveu cursos de capacitação aos servidores; manteve o equilíbrio fiscal e econômico; anunciou o pacote de medidas econômicas e tributárias para melhorar a economia do Estado; teve crescimento positivo no número de empregos; além de contribuir para que o estado fosse o primeiro a adotar o Pix como forma de pagamento de tributos, entre outros.

“Desempenhamos um belíssimo trabalho à frente da Fazenda, com as nossas contas absolutamente em dia. Agora é hora de propor mudanças, experimentar novos caminhos e não ter medo de avançar. Precisamos auxiliar o governador Gladson Cameli em várias ações de políticas públicas de forma mais próxima”, disse Grandidier.