inovação

Gestores conhecem projeto da Nasa que ajudará na identificação de desastres naturais e cálculo de carbono florestal do Acre

Gestores do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais (IMC) e da Companhia de Desenvolvimento a Serviços Ambientais (CDSA) conheceram nesta segunda, 26, o projeto Monitoring forest carbon dynamics in response to disturbances in the Amazon (Monitorando a dinâmica do carbono florestal em resposta a distúrbios climáticos na Amazônia), do programa Servir – Amazônia, financiado pela Nasa, agência espacial americana, e Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). O projeto é desenvolvido pela South Dakota State University (EUA) em parceria com a Universidade Federal do Acre (Ufac).

Parceria entre a Universidade Dakota do Sul dos Estados Unidos e a Ufac permitirá análise da biomassa de carbono e de degradação florestal. Foto: Ângela Rodrigues/IMC

O pesquisador Izaya Numata, coordenador do projeto, realizou uma apresentação detalhada acompanhado de Willian Flores, doutor em Ciências de Florestas Tropicais e pesquisador do projeto pela Ufac.

Numata explicou que o objetivo é fornecer um banco de dados histórico do estoque de carbono florestal do Acre, o que irá auxiliar gestores na tomada de decisão no âmbito das políticas públicas ambientais.

“A parceria entre a Universidade Dakota do Sul e a Ufac irá permitir uma análise da biomassa de carbono e também de degradação florestal. Esses dados serão disponibilizados em portal que poderá ser usado para pesquisa e informações por meio de imagens de satélite”, explica Leonardo Carvalho, presidente do IMC.

Pesquisador Izaya Numata realizou apresentação detalhada aos gestores do IMC e da CDSA. Foto: Ângela Rodrigues/IMC

Willian Flores ressalta que a iniciativa irá muito além, possibilitando o acesso a informações como dados históricos de distúrbios climáticos, banco de dados de biomassa florestal acima do solo e melhor avaliação da dinâmica do carbono utilizando ferramentas de monitoramento, para que equipes técnicas das instituições interessadas ou parceiras possam estar atualizadas, por meio de processos de capacitação.

Participaram do encontro o chefe do Departamento de Regulação do IMC, Leonardo Ferreira, e, pela CDSA, a diretora técnica Rosangela Benjamim e o chefe de Departamento de Negócios, Marcelo Ferreira.

Projeto é financiado pela Nasa, agência espacial americana. Foto: Ângela Rodrigues/IMC