Ações desenvolvidas no Hospital da Mulher e da Criança incluem visitas periódicas a enfermarias com orientação para pacientes e acompanhantes

Orientação sobre higiene oral do recém-nascido (Foto:Assessoria Sesacre)

Orientação sobre higiene oral do recém-nascido (Foto:Assessoria Sesacre)

 

A saúde bucal de gestantes será um dos temas abordados durante a reunião do Fórum Perinatal desta quarta-feira, 6. O encontro, que acontece às primeiras quartas-feiras de cada mês, terá apresentação de projeto de ampliação dos serviços de saúde bucal oferecidos no Hospital da Mulher e da Criança, que agrega as unidades de saúde Maternidade Bárbara Heliodora e Hospital da Criança.

Com visitas periódicas às enfermarias infantis, uma cirurgiã dentista já realiza abordagens por meio de palestras sobre higiene oral e orientam as crianças e acompanhantes sobre técnicas de escovação, distribuem kits de saúde bucal e promovem o encaminhamento de pacientes aos serviços especializados oferecidos na rede pública de saúde.

Para as mães o atendimento prevê visitas diárias às enfermarias com orientação sobre técnicas de escovação do recém-nascido e a importância do aleitamento materno para a dentição. As mulheres são alertadas sobre os hábitos adquiridos na primeira infância que prejudicam a formação da arcada dentária da criança.

Examinando a boca da criança (Foto:Assessoria Sesacre)

Examinando a boca da criança (Foto:Assessoria Sesacre)

 

A proposta da Divisão de Saúde Bucal é formatar a implantação de um consultório odontológico na própria maternidade para oferecer tratamento clínico às gestantes de alto risco. “A abordagem é iniciada com palestras para esclarecer o mito de que gestantes não fazem tratamentos dentários. Mas é preciso ter indicação médica. Durante a gravidez a quantidade de hormônios, aumenta ampliando o risco de doenças bucais, que se não tratadas podem ocasionar partos prematuros”, explica a gerente da Divisão de Saúde Bucal, Verônica Fernandes.

Além das palestras para abordagem inicial e adesão, as grávidas serão agendadas para a primeira consulta odontológica no Centro de Especialidades Odontológicos (CEO), e se houver necessidade podem ser encaminhadas para os serviços especializados.