parceria

Evento sobre inteligência artificial apoiado pelo Estado se encerra hoje

Depois de três dias de muito conhecimento e aprendizado, encerra-se nesta quinta, 1°, a I Semana de Ciência e Tecnologia – Descomplicando a Inteligência Artificial, realizada pelo Centro Universitário U:verse de Rio Branco, com o apoio da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict).

A iniciativa faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo governo federal, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A atividade estava marcada para o fim de 2020 de maneira presencial, mas teve que ser adiada e alterada no formato por conta da pandemia da Covid-19.

Card sobre o evento de hoje, “A inteligência nas áreas de arquitetura e engenharia”, com foco nas edificações inteligentes e a tecnologia no processo criativo.

O evento é gratuito e teve início no dia 29 de março, realizado sempre às 19h, por meio do canal de Youtube da U:verse. Nesta quinta-feira, 1º de abril, será ministrada a palestra “A inteligência nas áreas de arquitetura e engenharia”, com foco nas edificações inteligentes e a tecnologia no processo criativo. As aulas foram elaboradas para todos os tipos de público, unindo informação com linguagem acessível.

Os professores do curso desta quinta serão:

Rodolfo Quiroga: Arquiteto e Urbanista, Master em Iluminação, Design estratégico e Especialista em Docência do Ensino Superior.

Eliseyna Santos: Arquiteta e Urbanista, especialista em docência no Ensino Superior.

Priscyla Brasileiro: Arquiteta e Urbanista, especialista em design de interiores e docência no ensino superior. Coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo U:Verse

Card completo do evento

Entrevista com Anderson Santos Fernandes, organizador do evento

Pergunta: Qual o balanço que você faz dos três primeiros dias de curso?

Resposta: Tudo ocorreu como o planejado, com boa interatividade com o público. A receptividade foi ótima, sempre passamos um pouco do tempo estipulado a pedido deles. O engajamento foi muito maior do que esperávamos.

P: Pra você, o que atraiu o público online?

R: Tivemos um bom trabalho de divulgação, tivemos ajuda do governo nisso também, e o boca a boca. Foi tudo muito “orgânico” eu diria, o engajamento veio de forma natural. O tema sobre inteligência artificial também é interessante para o público.

P: Como você teve a ideia do evento e como foi feita a seleção dos participantes?

R: Tivemos a ideia do tema da Inteligência Artificial pra adequar o formato à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do governo federal, que é apoiado pela Seict, do qual o projeto faz parte. Chamei professores gabaritados, de diversas áreas, que têm competência para passar o conteúdo de maneira que atinja todos os tipos de público, sempre tendo a narrativa leve, descontraída e informativa.

P: O que você espera que os alunos aprendam com IA após as palestras?

R: Espero que as mentes se abram, que o aluno veja as possibilidades que a inteligência artificial pode proporcionar num mundo cada vez mais moderno e tecnológico.

P: Além da IA, de quais outras ferramentas você acredita serem importantes o estudo para quem almeja estar por dentro da nova era tecnológica?

R: Sem dúvida, a Revolução Industrial 4.0, que mudará a vida das pessoas de maneira radical nos próximos anos.