potencial

Estado faz visita técnica à Zona de Processamento de Exportação

Na manhã desta terça-feira, 27, o titular da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia do Acre (Seict), Anderson Abreu, reuniu uma comitiva da pasta governamental para realizar visita técnica à Zona de Processamento de Exportação (ZPE), localizada em Senador Guiomard.

Visita da equipe Seict ao Cartório Martins. Foto: José Caminha/Secom

Antes de chegar ao local, a equipe foi ao Cartório Martins para alinhar a passagem documental do governo do Estado para a Azpe, administradora da ZPE, com sede em Brasília, que recentemente foi arrematada em leilão pelo grupo China Haying do Brasil por R$25,8 milhões.

“O capital social da ZPE [equipamentos, terreno] está no nome do governo do Estado numa matrícula nesse cartório. Estávamos passando essa matrícula, os bens, para a Azpe, que foi vendida pra empresa chinesa”, explicou o secretário Anderson Abreu.

Gestores deram encaminhamentos aos trâmites legais. Foto: José Caminha/Secom

Além de Abreu, outros membros da Seict participaram do encontro, como Weruska Bezerra, diretora administrativa; Ivan Ferreira, do Departamento Administrativo; Marcos Moraes, diretor da Azpe; Ricardo Medeiros, chefe do departamento de Patrimônio; e Suelane Marques, chefe do departamento de Finanças, sendo recepcionados por Ricardo Martins, tabelião e registrador do cartório.

Após a reunião sobre os trâmites legais para a passagem documental, Martins, que também é empresário, contou seus últimos investimentos na região por conta da ZPE. “Decidi investir no cartório, com instalações modernas, para servir as pessoas com um serviço diferenciado. Acreditei no potencial da ZPE no município de Senador Guiomard e o resultado são novos investimentos surgindo, como a aquisição de um grande terreno ao lado do cartório por uma loja de departamentos”, afirma. Ele também investiu em um conjunto de 14 casas de 58m² cada, mais uma das inúmeras possibilidades mercadológicas que o empreendimento pode gerar, ajudando a girar a economia local e incentivando a geração de emprego e renda.

Equipe técnica da Seict em vistoria na ZPE. Foto: José Caminha/Secom

Na ZPE, a equipe técnica da Seict realizou vistoria nos arquivos, documentos e móveis, verificando o que havia de patrimônio do Estado e o que devia ser recolhido, para entregar o local com as especificações dentro do padrão para os chineses.

“Na visita à ZPE, vimos um espaço grande, que estava sendo inutilizado e só trazia despesas. É um projeto que tem tudo para prosperar com os investimentos estrangeiros”, acredita Weruska Bezerra.

Secretário Anderson, acompanhado de servidores, na área interna da ZPE. Foto: José Caminha/Secom

“Tínhamos o sonho [da venda da ZPE] há muitos anos, mas a burocracia emperrava os planos. O governador Gladson Cameli foi muito feliz ao entender que a ZPE era privada, e não pública, o que originou o processo do leilão até seu arremate”, diz Marcos Moraes, diretor da Azpe, que se empenhou nos últimos anos para a concretização do feito. A chefe do Departamento Jurídico da Seict, Laura Catão, o auditor independente Hélio Sato e a equipe da Azpe em Brasília também participaram do processo.