acolhimento

Estado entrega beliches e colchões para abrigo de migrantes em Rio Branco

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (Seasd), prezando por um aprimoramento no acolhimento de migrantes em Rio Branco, realizou nesta terça-feira, 21, a entrega de beliches e colchões na casa de passagem gerida pela prefeitura da capital. 

Na ocasião, o Estado doou quatro beliches e oito colchões para uma maior acomodação no abrigo municipal. Foto: Carlos Alexandre/Seasd

Levando em conta os relatórios levantados pela Seasd, há um crescente número de migrantes adentrando o Acre após conflitos internos geradores de instabilidade política no Peru. Com isso, o Estado se voltou para a criação de um gabinete de crise migratória, com diversas organizações governamentais se voltando para minimizar a situação de calamidade.

Para melhor gerir e suprir as necessidades, foram criados três grupos de trabalhos voltados para segurança e transporte; acolhimento e estrutura em saúde, com atendimento médico e vacinação. Foto: Carlos Alexandre/Seasd

O titular da Seasd, Lauro Santos, garante o compromisso do Estado: “Estamos agindo com efetividade para preservar a dignidade humana dos migrantes. Essa é uma ajuda singela, mas de grande importância. Estamos cientes quanto à gravidade do problema e de mãos dadas com todas as prefeituras, para um melhor acolhimento e funcionamento do fluxo migratório”.

“Estamos trabalhando em harmonia com diversas instituições para proporcionar um melhor acolhimento, ao mesmo tempo em que diminuímos a pressão sob a rede de assistência social do Estado e de seus municípios”, exalta o secretário de Estado. Foto: Carlos Alexandre/Seasd

O coordenador do abrigo municipal, Sebastião Soares, conta que, no momento, há 25 acolhidos e que, com a chegada de novas acomodações, será possível atender mais pessoas. “Essa ajuda do Estado para o Município é de grande importância, nos ajudando a proporcionar um acolhimento de qualidade”, ressalta.