Escola rural vai usar Turma da Mônica para trabalhar ética e cidadania

Parceria foi firmada com o Instituto Cultural Maurício de Souza e CGU

manoel_machado_ii.jpg
alunos_vo_receber_jogos_e_material_didatico_para_desenvover_aprendizado.jpg

Alunos vão receber jogos e material didatico para desenvover aprendizado (Foto: Assessoria SEE)

Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão são personagens que acompanham há gerações crianças e adultos e que conquistaram a simpatia de todos por suas histórias. Eles fazem parte da Turma da Mônica, que se aliaram nesta sexta-feira, 23, às crianças da Escola Estadual Rural Manoel Machado, através do projeto "Um por todos e todos Por um!", do Instituto Cultural Maurício de Souza.

O projeto "Um por todos e todos por um! Pela ética e cidadania!" busca incentivar, por meio de atividades artísticas, científicas e lúdicas, bem como da interação entre escola e comunidade, o desenvolvimento de uma cultura ética entre crianças e jovens. Os alunos terão oportunidade de conhecer e trabalhar conceitos como cidadania, democracia, interesse público, inclusão social, participação e autoestima, com apoio de uma metodologia desenvolvida por especialistas do instituto

Um dos parceiros do projeto, a Controladoria Geral da União (CGU), fica responsável pelo acompanhamento e interação entre as pessoas envolvidas. O material entregue para os 286 alunos da escola é composto de pastas, Caderno do Aluno, Revista de Atividades, histórias em quadrinhos, jogos, cartazes e carteirinha, além do Manual do Professor.

Para a diretora da escola, Eunice Bezerra, o apoio do material vai contribuir ainda mais com as ações ambientais que a escola já realiza. "Nós trabalhamos com educação ambiental e valores humanos. Com o apoio do material vamos enriquecer nosso aprendizado e a prática das nossas tarefas, além de elevar a autoestima dos nossos alunos".

Entre as várias atividades sugeridas no material entregue, estão os exercícios lúdicos que reforçam os conceitos sobre cidadania, e as tarefas vivenciadas, nas quais a criança compreenderá os assuntos dado por meio da interação entre seus colegas e sua comunidade. "Adorei receber estes gibis porque vou poder com ele estudar na minha casa e também me divertir com as histórias da Mônica", declara o aluno Natanael Silva, de 07 anos, que exibe orgulhoso o crachá do projeto com sua foto.