Equipe do Ministério da Saúde grava documentário com pacientes do SUS do Acre

Equipe ficou no Estado uma semana sendo acompanhada pelo coordenador de IST da Sesacre (Foto: Raylanderson Frota/Sesacre)
Equipe ficou no Estado uma semana, sendo acompanhada pelo coordenador de IST da Sesacre (Foto: Raylanderson Frota/Sesacre)

Pacientes do Acre que recebem assistência de saúde por meio do Departamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) da Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre) e utilizam Sofosbuvir e Declatasvir, a nova medicação para tratar hepatite tipo C, foram personagens de um documentário gravado pela equipe do Ministério da Saúde (MS) nesta semana.

Para gravar trechos do documentário, que também tem personagens de outros Estado, vieram ao Acre o assessor técnico da Coordenação de Hepatites Virais, Nilton Gomes; Miro Bezerra, diretor de fotografia; o consultor técnico Wanderson Gontijo e o assessor de Comunicação Lorivaldo Pontedura.

Durante a semana que ficou na região, a equipe foi acompanhada pelo coordenador do programa de IST da Sesacre, Nelson Guedes.

“Viemos colher depoimentos de pacientes que estão reagindo bem e até negativando a hepatite C depois de iniciarem o tratamento com os novos medicamentos disponibilizados pelo SUS. É muito bom ver que esse tratamento está chegando a quem precisa e melhorando a qualidade de vida dos pacientes”, disse Gomes.

Em visita à Natex, documentaristas conheceram processo de fabricação de preservativos (Foto: Nayanne Santana/Sesacre)
Em visita à Natex, documentaristas conheceram processo de fabricação de preservativos (Foto: Nayanne Santana/Sesacre)

Lorivaldo Pontedura contou que, além do Acre, foram gravados depoimentos em Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belém.

“Alguns pacientes fazem um comparativo de como era o tratamento com os medicamentos antigos e como se sentem com essa nova medicação”, detalhou o assessor.

Nelson Guedes ressaltou que foram entrevistados dois pacientes no Acre. “Um é de Rio Branco e uma, de Xapuri. É emocionante ouvir os depoimentos dessas pessoas. Hoje temos 319 pessoas fazendo tratamento com a nova medicação. A maioria está negativando a hepatite”, revelou o coordenador do programa de IST da Sesacre.

Visita à Natex

Os representantes do Ministério da Saúde também fizeram uma visita à fábrica de preservativos masculinos Natex na terça-feira, 7, e conheceram todo o processo de confecção dos produtos feitos à base de látex extraído da seringueira.

Na indústria também foram gravadas imagens que serão incluídas em um documentário produzido pela equipe, que retornou na madrugada desta quarta-feira, 8, para Brasília.