luta olímpica

Equipe de wrestling acreana participa pela primeira vez dos jogos escolares

Das dezessete modalidades esportivas dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs), o Acre participa em nada menos do que quinze. Entre elas está a wrestling, também conhecida como luta olímpica.

Essa participação é um feito inédito por dois motivos. Primeiro porque o Acre nunca havia participado da competição com essa modalidade de luta e segundo porque os atletas que representam o estado nessa categoria são todos do município de Xapuri, distante 180 km da capital, Rio Branco.

Equipe de wrestling participa pela primeira vez dos jogos escolares. Foto: Stalin Melo

A equipe masculina é treinada pelo professor Clemilton Almeida e a equipe feminina pela professora Dairla Souza. Os atletas estudam nas escolas Rita Maia e Divina Providência.

Na fase classificatória, Paulo Renan dos Santos, que competiu na categoria até 52 kg, não conseguiu vencer o atleta do estado do Tocantins. A atleta Wyvilly Lima, que competiu na categoria até 46 kg, também não passou pela atleta de Mato Grosso do Sul. E o atleta Kauan Gonçalves, da Escola Divina Providência, não venceu o atleta do Rio Grande do Norte.

Atletas do município de Xapuri representam o Acre nos jogos escolares. Foto: Stalin Melo

Mas isso não impede, na avaliação do professor Clemilton Almeida, de fazer com que a participação acreana seja histórica. “É a primeira vez que essa modalidade está vindo competir aqui nos jogos escolares. É a estreia do Acre na fase nacional e isso está sendo muito importante”, disse ele.

Para o técnico, os atletas estão tendo uma grande oportunidade. “Eles estão lutando de igual para igual e vai ficar um aprendizado muito grande. Estão observando como funciona, além de terem a oportunidade de lutar com atletas dos grandes centros”, afirmou.