Emylson Farias assume como diretor-geral de Polícia Civil no Acre

Delegado de 35 anos é pós-graduado em segurança pública e  atuava na Delegacia de Combate ao Crime Organizado

posse_diretor_geral_de_policia_160708_0034.jpg

Binho Marques e a cúpula da segurança pública na posse do novo diretor-geral de Polícia. Foto: Sérgio Vale/Secom

O delegado Emylson Farias é o novo diretor-geral de Polícia Civil do Acre.  O decreto com sua nomeação foi assinado às 10h desta quarta-feira,  16, pelo governador Binho Marques, em ato realizado no Gabinete Civil com as presenças do secretário de Segurança Pública, Antônio Monteiro, do comandante-geral da Polícia Militar, Romário Célio; Laura Okamura, diretora-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen); José Henrique, Comandante do Corpo de Bombeiros; José Barbosa, corregedor-geral de Polícia Civil; Cássio Silveira, secretário de Ações Sócio-Educativas; Cezário Braga, diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran);  Aníbal Diniz,  assessor de Governo;  Itaan Arruda, assessor de imprensa do governador; José Aníbal Tinoco, presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Acre (Adepol); entre vários delegados civis.

Emylson Farias  até então era titular da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Decco) e participou de importantes investigações desde que assumiu o cargo de delegado de Polícia Civil em junho de 2003, após passar por concurso público.  Farias tem 35 anos, formado em Direito pela Universidade de Ribeirão Preto (SP) e possui pós-graduação em segurança pública.  "Vamos fazer uma avaliação da situação da Polícia Civil, conversar com os delegados para então estarmos orientados de como trabalhar melhor", disse Farias.  "O colega reúne as condições para um novo modelo de polícia que pretendemos", declarou Tinoco, eleito no final da semana passada presidente da Adepol.