Em Brasília, Nazareth Araújo busca incentivo ao setor empresarial acreano

Nazareth Araújo busca investimentos do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia para o setor empresarial (Foto: Tobias Melo/Vice-Governadoria)

A vice-governadora Nazareth Araújo esteve reunida com a área técnica do Ministério da Integração Nacional, na tarde desta quarta-feira, 17, em Brasília. Nazareth Araújo propôs o acesso, por empresas do setor privado do estado, a investimentos do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia.

“Isso representa a possibilidade de o governo investir também no setor empresarial, para fomentar a economia e gerar emprego e renda”, destacou a vice-governadora.

Nazareth se reuniu com as representantes da Secretaria Nacional de Fundos Regionais e Incentivos Fiscais, Victoria Oliveira e Mariana Souza, que devem levar a proposta do Acre ao ministro Helder Barbalho.

A vice-governadora propôs, ainda, que o ministro receba pessoalmente os presidentes das federações do setor empresarial acreano, para que eles possam apresentar seus projetos de financiamento e investimento.

Nazareth Araújo e Concita Maia tratam de convênios em reunião no Ministério dos Direitos Humanos (Foto: Tobias Melo/Vice-Governadoria)

Ainda nesta quarta, Nazareth e a secretária de Estado de Políticas paras as Mulheres, Concita Maia, trataram de convênios do Acre com o governo federal, com o secretário executivo interino do Ministério dos Direitos Humanos, Johaness Eck.

Nesta quinta, a vice-governadora deve apresentar o programa Primeira Infância Acreana (PIA), no Ministério da Saúde. O PIA, que está em fase de expansão no estado, tem a proposta de implantar um novo modelo de atenção integral ao desenvolvimento da primeira infância, de zero a seis anos de idade.

O programa tem como fundamento, entre outros fatores, pesquisas que demonstram que estímulos feitos nesta faixa etária resultam em adultos mais bem preparados para a vida.