Diálogo

Educação fortalece diálogo com as escolas de Rio Branco

Dialogar. Esse tem sido o verbo mais utilizado na Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE) pelo secretário Mauro Sérgio Cruz. Por isso mesmo, ele realizou por toda esta semana, visitas a escolas onde teve a oportunidade conhecer as demandas, apresentar sugestões e até ouvir elogios.

Na terça-feira, ele esteve com as equipes gestores de escolas da Baixada da Sobral, como a Tancredo Neves e Marilda Gouveia. Aproveitou a oportunidade e também foi até a Escola Clínio Brandão, localizada na estrada da Floresta, no bairro Maria Irís.

Nas visitas, o secretário Mauro Sérgio Cruz (SEE) destaca o compromisso do governador Gladson Cameli com a Educação Foto: Érica Torres

Na quarta-feira, 26, foi a vez de visitar as escolas da região do Calafate, como a Almada Brito, Henrique Lima e Edilson Façanha. A equipe da Escola Iracema Gomes também teve a oportunidade de dialogar com o secretário.

Já na quinta-feira, 27, o secretário visitou duas escolas do Conjunto Universitário, a Alcimar Leitão e a José Sales, e duas no bairro Tucumã, a Raimundo Gomes de Oliveira e a Adalberto Sena. Na sexta-feira, 28, foi a vez das escolas Lourival Sombra, no Tangará, Armando Nogueira (integral) e a Ilka Maria de Lima, no bairro Mocinha Magalhães, dialogar com o secretário.

Atenção às melhorias de infraestrutura é importante para as ações da SEE nas escolas Foto: Mardilson Gomes

Nas visitas que realizou ao longo da semana, o secretário Mauro Sérgio Cruz destacou o compromisso do governo do Estado com as melhorias para a Educação e com o ano letivo, que desde o início da pandemia, no mês de março, está sendo trabalhado por meio do ensino a distância.

Por isso, foram criados, desde então, todos os meios necessários para que os alunos não tivessem prejuízos no que diz respeito à aprendizagem. “Com as videoaulas e audioaulas que implementamos, mais a internet e mais todo o material impresso que disponibilizamos, conseguimos chegar a todos os alunos da rede”, afirma o secretário.

Melhorias na infraestrutura das escolas também estão sendo realizadas pela SEE. Antes da pandemia essas melhorias, como reforma de escolas, já vinham sendo realizadas e agora para quando o ano letivo presencial retornar. “Nossa preocupação é com o aluno e com o professor, por isso, precisamos criar um ambiente agradável”, destaca.