organização

Educação distribui vouchers para diretores das escolas rurais

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), distribuiu, nesta terça-feira, 28, vouchers do fardamento escolar para diretores das escolas da zona rural de Rio Branco. A entrega foi realizada no auditório da própria secretaria.

Com os vouchers em mãos, os diretores irão disponibilizá-los aos pais, para que possam se dirigir até as malharias e retirar o fardamento do tamanho exato do aluno, evitando diversos transtornos, entre eles a necessidade de devolução do uniforme por não estar em conformidade com as medidas.

Diretores da zona rural começaram a receber os vouchers do fardamento escolar. Foto: Dayana Soares

Em todo o estado, mais de 144 mil estudantes receberão o fardamento escolar do governo. Os alunos do ensino fundamental, anos iniciais, receberão duas blusas e um short (para os meninos) ou short-saia (para as meninas). Já os alunos do ensino fundamental, anos finais, e do ensino médio receberão duas blusas e uma calça.

A entrega dos vouchers começou há cerca de duas semanas, pelo Colégio Acreano, quando o governador Gladson Cameli, na oportunidade, também entregou a reforma e revitalização do espaço. A revitalização faz parte dos 90 anos que o colégio fará no ano que vem.

Para a diretora de Gestão Operacional da SEE, Ana Paula Monteiro, a metodologia escolhida pela secretaria este ano é de grande importância porque oferece maior controle, organização e tranquilidade para que o aluno tenha o uniforme adequado, sem falar na segurança.

“Além do mais, o uniforme é uma forma de identificar o aluno de cada escola de uma forma adequada, e para que ele possa se sentir mais seguro e ser identificado facilmente em qualquer local da cidade, seja dentro da escola ou fora dela”, afirmou a diretora.

Professora Regina: “Melhorou muito a nossa logística”. Foto: Dayana Soares

Quem aprovou a entrega dos vouchers foi a diretora da escola Cláudia Augusto, localizada na Estrada Transacreana, km 44, professora Regina Mendes Ferreira. Segundo ela, da vez anterior, ela recebeu uniformes para crianças do pré-escolar quando, na verdade, a escola trabalha com ensino fundamental, anos iniciais e finais.

“A distribuição desses vouchers ajudou muito porque agora o uniforme virá no tamanho personalizado do aluno e isso melhora muito a logística para nós que somos diretores e também para os pais, que agora poderão escolher o tamanho exato para seus filhos”, afirmou.

O diretor da Escola Canto do Sabiá, localizada no km 72 da Transacreana com mais 28 km de ramal, professor Gilsomar da Silva Barroso, tem o mesmo sentimento. Segundo ele, a distribuição dos vouchers melhora a logística. “Agora é bem melhor porque os pais pegam o tamanho certo”, disse.