enquete

Educação abre consulta às escolas sobre o modelo de escolha do Plano Nacional do Livro Didático 2024

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Divisão do Livro Didático, está com consulta aberta às escolas de ensino fundamental do 6º ao 9º ano, mediante uma enquete para definição do modelo de escolha para o Plano Nacional do Livro Didático (PNLD) 2024, objeto 1: Obras Didáticas.

A consulta estará disponível até quarta-feira, 26. Foto: Stalin Melo/Arquivo SEE

A iniciativa visa garantir a qualidade do ensino nas escolas de ensino fundamental anos finais, em todo o país, definindo o modelo de escolha do PNLD.

A consulta, que estará disponível até quarta-feira, 26, tem como intuito proporcionar uma escolha democrática e participativa do material didático que será utilizado pelos alunos ao longo dos próximos quatro anos. A decisão será conjunta, envolvendo gestores e professores, garantindo assim a melhor seleção de obras para os alunos da rede.

As escolas têm três opções para a escolha do modelo do PNLD 2024. Cada escola apresenta suas características próprias.

Material Único para Cada Escola: Nessa opção, cada escola realizará sua própria escolha de livro didático e receberá o material escolhido pelo seu corpo docente.

Cada escola deverá registrar a sua escolha. Foto: Stalin Melo/Arquivo SEE

Material Único para Cada Grupo de Escolas: Nesse caso, a rede de ensino definirá um grupo específico de escolas que receberá o mesmo material. O sistema processará a escolha de cada escola e elegerá a obra mais registrada entre as escolas do grupo.

Material Único para Toda a Rede: Será escolhido um material único para todas as escolas da rede. Os livros selecionados serão os mais escolhidos dentre os registrados pelas escolas pertencentes à rede de ensino.

Cada escola deverá registrar a sua escolha. Finalizado o prazo para registro das obras, o sistema identificará o material mais escolhido entre as escolas, para que seja distribuído para todas as unidades escolares integrantes da rede.

“A participação dos gestores, professores e demais envolvidos no processo de escolha é fundamental para assegurar que o material didático adotado seja adequado ao perfil dos alunos e às necessidades pedagógicas de cada escola”, afirma a chefe da Divisão do Livro Didático, Cármem Braga.

Acesse o link da enquete