suporte

Durante seminário sobre segurança nas fronteiras, Acre recebe viaturas, equipamentos e aporte de quase R$ 100 milhões do Ministério da Justiça

A cidade acreana de Brasileia sediou nesta sexta-feira, 19, o Seminário Segurança nas Fronteiras Brasileiras. O evento, promovido pela Comissão de Segurança Pública do Senado Federal e Ministério da Justiça e Segurança Pública, contou com o apoio institucional do governo do Estado e da prefeitura municipal.

Brasileia sediou nesta sexta-feira, 19, o Seminário Segurança nas Fronteiras Brasileiras. Foto: Diego Gurgel/Secom

O seminário contou com a participação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, da vice-governadora Mailza, do senador Sérgio Petecão e da prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, entre outras autoridades.

Os debates foram divididos em duas mesas temáticas: “Ações para Enfrentamento aos Crimes nas Fronteiras do Arco Norte Brasileiro” e “O que dizem os Dados e as Pesquisas sobre o Tráfico de Drogas Transfronteiriço nas Fronteiras do Arco Norte Brasileiro?”

Ministro da Justiça, Flávio Dino, assegurou mais investimentos e presença do governo federal nas regiões fronteiriças. Foto: Diego Gurgel/Secom

Em seu pronunciamento, Flávio Dino destacou as políticas públicas integradas que serão implementadas nos próximos anos pelo governo federal, juntamente com os estados e municípios.

“Queremos aumentar a nossa presença e reforçar as parcerias. Como representantes do governo federal, estamos aqui para ouvir quem está na ponta e entende as necessidades de uma região de fronteira”, enfatizou.

O ministro falou, ainda, que já procurou o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) para a destinação de R$ 1,2 bilhão do Fundo Amazônia para investir na área da Segurança Pública nos noves estados da região.

Vice-governadora Mailza destacou união entre as instituições em prol das fronteiras do país. Foto: Diego Gurgel/Secom

A vice-governadora do Acre destacou a união das instituições para discutir as dificuldades enfrentadas na região de fronteira e, acima de tudo, buscar as devidas soluções.

“Temos uma grande área fronteiriça e a realização deste seminário é muito importante para que os problemas existentes sejam apresentados e solucionados”, afirmou Mailza.

A prefeita de Brasileia disse que o evento representa um marco para os municípios do Acre localizados na faixa de fronteira. “Traduzimos este dia como um momento de esperança, além de histórico para a Segurança Pública na nossa região”, pontuou.

Entrega de viaturas, equipamentos e aporte de R$ 99,1 milhões para a Segurança Pública

Durante o evento, o Estado recebeu do governo federal seis viaturas do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), nove drones, 14 veículos descaracterizados, munições, armamentos e equipamentos. Ao todo, os investimentos somam mais de R$ 3,1 milhões.

Acre recebeu veículos, equipamentos e aporte de quase R$ 100 milhões do Ministério da Justiça. Foto: Wesley Moraes/Secom

O ministro Dino garantiu, ainda, o fortalecimento do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), a destinação de R$ 5 milhões, por meio da Operação Hórus, e a disponibilidade de R$ 91 milhões de provenientes do Fundo Nacional de Segurança Pública, para o Acre. “São recursos que o governo do Estado poderá escolher a melhor maneira de utilizá-los”, explicou.

O senador Petecão, atual presidente da Comissão de Segurança Pública do Senado, agradeceu o apoio da União ao estado. “Toda ajuda é sempre muito bem-vinda, principalmente para esta região de fronteira, que tanto precisa de investimentos”, argumentou.