Dissertação de mestrado sobre o Casarão é publicada em revista internacional

O engenheiro também integrou o corpo técnico da reforma (Foto: Edna Medeiros/Secom)
O engenheiro também integrou o corpo técnico da reforma do Casarão (Foto: Edna Medeiros/Secom)

A edição de setembro da Revista de la Asociación Latinoamericana de Control de Calidad, Patología y Recuperación de la Construcción publicou a dissertação do engenheiro civil Denis Amorin, servidor da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras Públicas (Seop).

Com o tema: “Reforço Estrutural de uma Edificação Histórica na Cidade de Rio Branco”, o mestrando da Universidade Federal do Pará apresentou a técnica de reforço dos pilares aplicada na reforma do Casarão.  A intervenção aumentou a resistência da estrutura e possibilitou a adequação às normas atuais, conservando as características históricas do prédio.

O Casarão está localizado na região central de Rio Branco. A edificação é da década de 30, com características arquitetônicas sírio-libanesas e influência europeia. Foi tombado pelo Conselho Estadual de Patrimônio Histórico e Cultural em 2009. Sua revitalização é uma conquista da sociedade, pleiteada, inclusive, por meio de abaixo-assinado. Hoje, abriga eventos culturais e atividades de humanização desenvolvidas pelo Estado.

“Fui o primeiro da minha turma a conseguir uma publicação, e o esforço do trabalho técnico teve total apoio da gestão da Seop, por isso meu agradecimento é para a equipe técnica”, destaca Denis.

O titular da pasta, Leonardo Neder, avalia: “As obras públicas concluídas e o sucesso científico reforçam a qualidade do trabalho desempenhado pela secretaria”.

O diagnóstico do problema, a metodologia e os cálculos que comprovam a verificação de segurança estão contidos no texto, que também pode ser acessado online: Clique aqui.