Segurança Pública

Dispondo de câmeras de reconhecimento facial, efetivo de 140 policiais militares realizam a segurança na Expoacre

Cerca de 140 policiais militares farão a segurança do público durante as nove noites da Expoacre 2023. Com início neste sábado, 29, no parque de Exposições Wildy Viana, em Rio Branco. A festa promete ser um grande sucesso de público e negócios.

Diariamente, cerca de 140 policiais militares realizam a segurança no Parque de Exposições Wildy Viana. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Todo o portifólio de serviço da Polícia Militar do Acre (PMAC) funcionará, também, fora do Parque. Instaladas estrategicamente, 25 câmeras com reconhecimento facial farão o registro das pessoas ao entrarem e saírem do evento.

“A Expoacre começou com a cavalgada tranquila e organizada. Podemos ver uma verdadeira interação entre a comunidade e a Polícia Militar e estamos na rua para garantir a segurança. É claro que todos podem contribuir, cada um se protegendo e protegendo sua família”, declarou o comandante-geral da PMAC, coronel Luciano Dias.

O comandante-geral PMAC, concedeu entrevista neste sábado, 29, para o Sistema Público de Comunicação. Foto: Marcos Vicentti/SecomFoto: Marcos Vicentti/Secom

Para Maria Eduarda de Lima, as expectativas para a maior festa agropecuária do Acre são as melhores. “O que eu espero é atrair pessoas para o meu negócio e dar visibilidade para a minha empresa. Em relação à segurança, me sinto bem segura, do momento que cheguei já percebi que tem vários policiais”, disse.

“Me sinto segura”, disse Maria Eduarda de Lima. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Disque denuncia

Em caso de intercorrências durante a Expoacre 2023, o cidadão deve acionar a Polícia Militar, por meio dos canais de atendimento 190 ou 181 (denuncia anônima). Nesses casos, o policial mais próximo também pode ser solicitado. Além disso, funcionará todos os dias da feira, uma Delegacia de Polícia Itinerante.