Assistência

Diretoria de Direitos Humanos capacita profissionais do Estado para o enfrentamento ao tráfico de pessoas

Na manhã desta segunda-feira, 21, a Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM) realizou uma capacitação de enfrentamento ao tráfico de pessoas para profissionais do Estado.

A ação é fruto do Convênio n° 851256/2017, o qual foi idealizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, em harmonia com o Estado do Acre, e tem o intuito de capacitar os agentes públicos e a sociedade civil organizada do estado, transmitindo conhecimentos e direcionamentos quanto à identificação e atendimento em casos de tráfico de pessoas na região de fronteira.

“Nosso objetivo é unir esforços, fortalecer a política pública e garantir direitos humanos para todos”, reforça Ana Paula Lima. Foto: Neto Lucena/Secom

A gestora da SEASDHM, Ana Paula Lima, ressaltou a participação do Estado em momentos de crises e apontou a importância de ações como essa: “Esse conhecimento é valoroso para que tenhamos capacidade e autonomia para enfrentar esse crime grave, que atenta contra os direitos humanos”. 

A chefe da Divisão de Combate ao Tráfico de Pessoas, Dina Fernandes, explica: “Pelo nosso compromisso e particularidades da região em que estamos, temos essa formação para os profissionais, para que tenham maior capacidade para lidar com as questões acarretadas pela temática”. 

São necessários diálogos e tratativas acerca da migração e enfrentamento ao tráfico de pessoas entre diversas instituições para uma ação mais eficiente. Foto: Neto Lucena/Secom

A capacitação foi apreciada por servidores públicos da Casa Civil, da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) e do Instituto Federal do Acre (Ifac), também contou com a participação de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Para denunciar quanto ao tráfico de pessoas, ligue no Disque Direitos Humanos – Disque 100, o canal de discagem direta e gratuita disponível para todo o Brasil.