Comilança de fim de ano

Dicas de alimentação ajudam a passar pelas festas de fim de ano sem culpa

Chegou o período mais festivo do ano. Natal e Ano-Novo são momentos marcados pela descontração, alegria, confraternizações e muita comida.

Aí é que surge o perigo de relaxar com a alimentação e diminuir a prática de atividades físicas.

Por isso mesmo, esta é a época do ano que mais se precisa de atenção com a alimentação e a rotina de atividade física.

Isso porque é praticamente impossível resistir às tentações e ao exagero das delícias que são preparadas para as festas de fim de ano.

Outra preocupação é que as pessoas que exageram nas ceias de Natal e réveillon sentem mais dificuldade em voltar para a reeducação alimentar.

Se você é daqueles que exageram na alimentação nas festas e confraternizações que ocorrem no mês de dezembro e depois se sente culpado pelo excesso de peso ou desconforto causado pela ingestão de alimentos em quantidade excessiva, seguem algumas dicas para que você possa aproveitar as festividades sem momentos desagradáveis ou tanta culpa.

“Prefira alimentos leves durante o dia, não passe longos períodos sem se alimentar, pois quando chegar ao local estará com muita fome e mais propício ao exagero. Atenção no consumo de alimentos não refrigerados, que ao ficarem expostos por muito tempo tendem a ser mais prejudiciais à saúde. Se for preparar alguma refeição, escolha alimentos frescos, despreze qualquer mínima deterioração e sirva na mesa em até 30 minutos antes do consumo”, explica a nutricionista Madeline Guimarães.

Outro detalhe importante é que as mesas de fim de ano costumam ser fartas e diversificadas. Não é necessário comer de todas as preparações que estão na mesa. Identifique aquela que mais agrada seu paladar e deguste com equilíbrio, sempre atento ao tamanho das porções.

A nutricionista orienta também adaptar as receitas para algo menos calórico, utilizando ingredientes menos gordurosos e calóricos.

“Faça escolhas inteligentes. As oleaginosas como nozes e castanhas, são excelentes fontes de fibras, vitaminas e minerais. As uvas contêm flavonoides que ajudam a controlar o colesterol e o peru é uma carne, magra e pouco calórica. Na sobremesa, que tal escolher uma à base de frutas frescas?”, acrescenta Madeline.

Se sobrar muita comida, você pode reaproveitar para o dia seguinte, mas a recomendação é armazenar em potes de vidros, com etiquetas identificadoras e refrigerar.

E não esqueça

Hidrate-se! Na euforia das festas, é comum esquecer esse detalhe tão importante.

“Não exagere nas bebidas alcoólicas. Os brindes são validos, duas taças são o suficiente para manter o equilíbrio calórico e curtir com os amigos. No final, você estará tranquilo e pronto para iniciar um novo ano com saúde e disposição”, conclui Madeline.