Dia Nacional da Cultura

ConCultura e FEM celebram a data com a entrega  da Ordem do Mérito Cultural Acreano a quatro personalidades

helio_melo.jpg

Hélio de Holanda Melo (Foto: Assessoria FEM)

Para celebrar o Dia Nacional da Cultura, 5 de novembro, a Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM) e o Conselho Estadual de Cultura (ConCultura) realizam solenidade para agraciar com a Ordem do Mérito Cultural Acreano quatro personalidades da área, pelo reconhecimento aos serviços prestados à cultura acreana.

A cerimônia acontece neste sábado, 5, a partir das 8h30 horas, na Casa da Cultura. O ato de outorga e entrega da placa e diploma contará com a presença do diretor-presidente da Fundação de Cultura Elias Mansour, Dircinei Souza, do presidente do ConCultura, Dalmir Ferreira, de todo o plenário do ConCultura e convidados.

Criada este ano pelo ConCultura, a Ordem do Mérito Cultural Acreano,  será concedida ao artista plástico, músico, memorialista e escritor Hélio de Holanda Melo (in memoriam), ao ex-prefeito, ex-governador e ex-senador do Acre, Jorge Kalume (in memoriam), ao compositor, poeta, escritor e instrumentista, João Crescêncio de Santana e à professora de artes, artista plástica e musicista, Elais Meira Eluan.

jorge_kalume.jpg

Jorge Kalume (Foto: Assessoria FEM)

Dalmir Ferreira credita à criação da Ordem do Mérito Cultural Acreano como algo que traz um valor simbólico de extrema importância para a cultura no Acre. “Desde a implantação do ConCultura, nenhuma pessoa foi reconhecida pelo mérito de prestar relevantes serviços à cultura no Acre. Muitos merecem essa outorga, que a partir de agora será entregue todo ano.  Existe uma lacuna a ser preenchida, uma necessidade de reconhecer esses cidadãos e cidadãs que merecem essa outorga, e que isso seja feito ainda em vida”, comenta.

Para Dircinei Souza, a homenagem reflete o papel social e cultural dessas pessoas na formação da sociedade acreana. “Os homenageados foram responsáveis, cada um na sua área de atuação, por ações de práticas educativas de arte em vários espaços, contribuindo dessa forma na formação histórico-cultural de nossa sociedade.”