capacitação

Deracre oferta palestras a servidores de Cruzeiro do Sul

Durante os dias 13 e 14 de dezembro, o governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre), oferta palestras para os cerca de 100 servidores da repartição que atuam em Cruzeiro do Sul.

Deracre oferta dois dias de palestras a servidores de Cruzeiro do Sul. Foto: cedida

Com temas voltados à motivação no trabalho e direção defensiva no trânsito, a iniciativa visa, sobretudo, qualificar os colaboradores, gerando melhores serviços à população.

“O servidor com melhor formação e boa qualificação rende melhor em sua função. A nossa gestão tem como princípio a valorização do trabalhador, e esse é um dos caminhos para chegar ao nosso objetivo. Agradeço ao governador Gladson Cameli, que não tem medido esforços para proporcionar ao Deracre e às outras secretarias as melhores condições de trabalho”, declarou o gestor da pasta no Juruá, Luciano Oliveira.

A Secretaria Municipal de Trânsito (Semtrans) é parceira na realização das palestras, trazendo dicas de como realizar, em regiões isoladas, um trabalho mais seguro. O titular da pasta, Francisco Fábio Correia Filho, lembra que todo esforço das equipes tem como meta principal salvaguardar vidas e destaca que o trabalho em conjunto com a gestão estadual tem gerado bons frutos, como os 90% da área central de Cruzeiro do Sul com boa sinalização. “Ao usar o trânsito, temos que ter muita consciência e redobrar a atenção. Neste fim de ano, se for dirigir, não beba!”, orienta o secretário.

A iniciativa é realizada por meio de parceria entre os governos estadual e municipal. Foto: Diego Silva/Secom

Com 34 anos de serviços prestados ao Deracre, José de Oliveira classifica as formações como fundamentais. “É uma maneira de nos manter atualizados, seja nas boas maneiras de como se relacionar com os colegas de trabalho, seja nas orientações de como manter um trânsito seguro, até mesmo no nosso ambiente de trabalho. Como atuamos bastante na zona rural, aprendemos a orientar os moradores a não permitir que suas crianças trafeguem nas estradas enquanto trabalhamos”, disse.