Propostas apresentadas

Delegação do Acre avalia participação na Conferência Nacional da Educação

Com uma comitiva de 30 delegados, o Acre participou nesta semana da Conferência Nacional da Educação (Conae), que ocorreu do dia 28 ao dia 30, no Centro Comunitário Athos Bulcão, em Brasília (DF). As entidades de educação que participaram do evento realizaram uma avaliação dos debates e das propostas apresentadas.

Este ano, o foco principal da Conae foi a elaboração do Plano Nacional de Educação (PNE) para o decênio 2024-2034, cujo tema foi “Política de Estado para a garantia da educação como direito humano com justiça social e desenvolvimento socioambiental sustentável”.

A presidente do Conselho Estadual de Educação do Acre (CEE/AC), professora Elisete Machado, que participou ativamente dos debates, fez questão de destacar que o encontro foi uma excelente oportunidade para se contribuir para a construção de uma educação mais justa e inclusiva.

Comitiva acreana na Conae contou com a participação de 30 profissionais da Educação. Foto: Cedida/Divulgação

“Avaliamos esse encontro de forma muito positiva, pois o Conae é um espaço de debate onde representantes dos diversos setores da sociedade puderam se reunir para discutir as políticas educacionais do nosso país, inclusive com a elaboração do Plano Nacional de Educação (PNE) 2024-2034”, afirmou.

Já para a representante das escolas públicas do Acre, professora Nilda Carneiro, que também é gestora da escola Escola Franklin Roosevelt, em Plácido de Castro, a conferência foi o momento de debater as necessidades e as especificidades do estado no que diz respeito a educação.

“Nos colóquios tivemos a oportunidade de ouvir, aprender e também levarmos as necessidades e especificidades de nosso estado para que também pudessem ser apreciadas pela plenária, sem falar que discutimos temas como a inclusão, a diversidade, a democracia, além da qualificação e da valorização dos profissionais”, enfatizou.