marco na saúde

Criança em estado grave passa por procedimento neurocirúrgico em Cruzeiro do Sul

A tarde desta sexta-feira, 18, representa o momento mais difícil da vida de Maicon Douglas Sena, de 3 anos. Morador do Ramal Três, zona rural de Cruzeiro do Sul, o pequeno foi vítima de colisão frontal com motocicleta, quando brincava ao redor de sua residência. Em estado grave, a criança necessitou de assistência médica para drenar hemorragia cerebral e estabilizar as lesões que afundaram seu crânio.

Conquista do governo do Acre: neurocirurgia no Juruá salvou a vida do pequeno Douglas. Foto: cedida

Minutos depois do ocorrido, a vida do pequeno Douglas foi salva pelo procedimento neurocirúrgico realizado no Hospital Regional do Juruá. A avó, Sueli Araújo, externou gratidão, pois a condição financeira da família impossibilitava custear a transferência do neto para Rio Branco, onde se centralizavam os serviços.

Criança está extubada, respirando em ar ambiente e mantendo uma boa evolução. Foto: cedida

“Naquele momento de tensão, foi um alívio ouvir da boca do médico que a cirurgia seria feita em Cruzeiro do Sul. O Douglas recebeu tratamento digno. Por isso, sou grata ao governo do Estado pelo olhar humano destinado à população da nossa região”, observou.

Sueli: “Meu neto recebeu tratamento digno pela equipe do hospital”. Foto: Marcos Santos/Secom

A oferta do serviço, na regional do Juruá, representa um marco ao projeto de descentralização da Saúde em todo o Acre. No primeiro trimestre de 2023, a equipe médica, composta por cinco neurocirurgiões, efetuou um total de 31 procedimentos.

Pedro Pascoal, titular da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), informa que os esforços do governo se concentram em estruturar as regionais com especialistas e equipamentos. “Com isso, queremos que o paciente deixe de se dirigir até a capital Rio Branco e seja atendido em sua localidade. Esse é o nosso grande objetivo nesses próximos quatro anos”, ratificou.

Pedro Pascoal: “Em quatro anos, a meta é estruturar as regionais com especialistas e medicamentos”. Foto: Marcos Santos/Secom

Outro grande avanço será a disponibilidade do serviço de cateterismo ao Juruá. Nos próximos meses, a Sesacre ofertará o procedimento aos pacientes da região que sofrem com doenças cardíacas.