Conselho Comunitário de Segurança será implantado na Transacrena

Ficou decidido que no dia 6 de julho será implantado o Conselho Comunitário de Segurança da região (Foto: Pedro Paulo/ Secom)
Ficou decidido que no dia 6 de julho será implantado o Conselho Comunitário de Segurança da região (Foto: Pedro Paulo/ Secom)

A Secretaria Adjunta de Integração Social da Segurança Pública reuniu na terça-feira, 24, presidentes de associações agrícolas da Transacrena para discutir políticas participativas. Na oportunidade, ficou decidido que no dia 6 de julho será implantado o Conselho Comunitário de Segurança da região.

O evento ocorreu na sede da Escola Estadual Rural Professor Cláudio Augusto, no quilômetro 42 da Transacreana.

Participaram do encontro o secretário adjunto de Integração Social, Vanderlei Thomas, a coordenadora do Projeto Pacificar, Lúcia Jaccoud, o coordenador estadual de Polícia Comunitária, capitão Manoel Jorge, professores, líderes religiosos e presidentes de associações de produtores.

Durante o encontro, todos demonstraram interesse na proposta da segurança de promover ações de prevenção, discutindo com a comunidade as políticas de segurança para a Transacreana e entorno.

“Essa interação importante foi muito bem acolhida pela comunidade. O empenho da Segurança Pública é no sentido de formar uma grande aliança com as comunidades por uma cultura de paz”, disse Thomas.

José Liberalino Soares, presidente da associação Pôr do Sol, na comunidade Maloca Branca, disse: “A segurança está nos mostrando um caminho para que possamos ajudar as forças policiais, direcionando com sugestões as boas políticas, para inibir as ações de pessoas que circulam o caminho do mal e prejudicam a comunidade. Juntos, sempre somos mais fortes, por isso acredito no projeto”.