acompanhamento e avaliação

Conheça o novo hotsite sobre a Pesquisa do Custo da Cesta Básica em Rio Branco

Por Marky Brito

O governo do Estado do Acre oferece um novo canal para que a população acesse informações sobre a pesquisa do custo das cestas básicas em Rio Branco. Para isso, a sessão sobre o tema na página da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão do Acre (Seplag) foi reformulada e agora dispõe de informações mais detalhadas e ferramentas para facilitar a comunicação com a equipe que realiza a pesquisa.

A página, que antes continha apenas uma breve apresentação sobre a pesquisa e relatórios para download, conta agora com informações sobre a metodologia da pesquisa e sessões que agregam as últimas notícias sobre as cestas básicas por meio de matérias, vídeos e podcasts da mídia local, permitindo o acesso a análises e críticas sobre custo de vida na capital acreana.

Segundo o secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão, “a produção e divulgação de informações importantes para a população acreana segue como uma das diretrizes primárias do governo estadual, pois é essencial ao exercício pleno da cidadania e participação democrática no acompanhamento e avaliação das políticas públicas estaduais”.

A pesquisa, que é realizada pelo Departamento de Estudos, Pesquisas e Indicadores da Seplag, está estruturada em quatro eixos: custos das cestas de alimentação, higiene pessoal e limpeza doméstica; tempo de trabalho necessário para que um trabalhador assalariado consiga adquiri-las; participação das cestas no salário mínimo atual; e o gasto mensal com as cestas por uma família composta de dois adultos e três crianças.

O novo canal permite acessar essas informações de forma mais amigável e rica em detalhes, atraindo assim um público mais variado, que terá acesso fácil e rápido aos principais dados da pesquisa, além de poder entrar em contato com os pesquisadores via formulário ou e-mail.

Wagner Sena, diretor de Planejamento e Governança, destaca que, “apesar das limitações impostas pela pandemia do coronavírus, a equipe responsável pela pesquisa conseguiu manter a coleta de informações em mais de 70 estabelecimentos comerciais, distribuídos em 40 bairros de Rio Branco, fazendo com que a nossa capital voltasse ao grupo de cidades em que esse tipo de pesquisa é realizada”.

Quer saber mais? Então acesse a nova página no endereço http://seplag.ac.gov.br/cestabasica/  e deixe sua opinião e comentários sobre a pesquisa.