incentivo

Concurso de Redação e Poesia premiará 50 alunos da rede pública de ensino

O concurso de redação e poesia com a temática Diversidade e Cultura foi lançado nesta segunda-feira, 7. O projeto do governo do Acre, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), tem por objetivo incentivar a escrita e a leitura.

O público-alvo do evento foram as equipes gestoras das escolas de ensino fundamental anos finais e ensino médio, que serão as responsáveis por convidar e coordenar os alunos participantes. O lançamento, feito às 14h, na Filmoteca da Biblioteca Pública, contou com a presença da chefe da Divisão de Livro e Leitura da FEM, Claúdia Jorge; a representante da Secretaria de Estado de Educação, Gleice Souza; o representante do deputado estadual Roberto Duarte, Emilson Brasil; o chefe do Departamento de Políticas Culturais da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour, Jackson Viana; e o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Assistência Social, Francisco Bezerra.

Concurso foi lançado nesta segunda-feira. Foto: Diego Gurgel

De acordo com o responsável pelo projeto, Jackson Viana, são duas categorias, para estudantes do ensino fundamental 2 e ensino médio: “Nós iremos premiar as 25 melhores redações e 25 melhores poesias de todo o estado, dos alunos da rede pública. Também estaremos premiando os professores que tiverem o melhor desempenho. A inscrição é online e física nos pontos de coleta do edital. O objetivo do projeto é fazer os estudantes refletirem sobre a importância da cultura no nosso estado”, enfatizou.

Cada aluno poderá inscrever-se em apenas uma modalidade, e os professores poderão inscrever até 5 alunos. Foto: Diego Gurgel/Secom

A coordenadora de ensino do Colégio Jovem Boa União, Aldecine Ferreira, parabeniza a escolha do tema. “Esse projeto é de fundamental importância, por estar abordando uma temática que é muito positiva e que se torna peculiar a todos, pois todos temos uma cultura, independente de classe social. E, essa é uma temática muito acessível ao nosso público”, ressalta.

A coordenadora de ensino do Colégio Jovem Boa União, Aldecine Ferreira, parabeniza a escolha do tema. Foto: Diego Gurgel/Secom

O projeto, voltado para as escolas da rede pública de ensino, é oriundo de emenda parlamentar do deputado estadual Roberto Duarte. O recurso, de R$ 50 mil, será aplicado para a aquisição dos prêmios.

“Esse trabalho teve início há alguns anos, após a visita do deputado nas escolas públicas estaduais. E pensamos em uma forma de alcançar o estado todo, então entramos em contato para que a FEM pudesse realizar esse concurso”, destaca Emilson  Brasil, representante do deputado estadual Roberto Duarte.

Premiações

Ao todo, serão 50 alunos premiados com tablets, sendo 25 na categoria Poesia e 25 em Redação. Além desses, dez professores também serão agraciados, sendo premiados os docentes que obtiverem mais alunos ganhadores. O resultado será divulgado no dia 19 de dezembro, após a avaliação das redações pela comissão julgadora. Cada aluno poderá inscrever-se em apenas uma modalidade, e os professores poderão inscrever até 5 alunos. Para inscrição, acesse: http://www.femcultura.ac.gov.br/.

O projeto conta com o apoio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio dos núcleos de ensino, que farão a divulgação nos demais munícipios.