Começa a venda de lotes comerciais para a Cidade do Povo

A fila de empresários já era grande no primeiro dia de atendimento (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
A fila de empresários já era grande no primeiro dia de atendimento (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

A alienação de lotes para o segmento comercial na Cidade do Povo começou nesta segunda-feira, 28, no protocolo da Secretaria de Obras Públicas (Seop), em Rio Branco. As empresas têm até o dia 30 deste mês para apresentar as propostas e concorrerem aos lotes disponíveis no momento.

Os interessados devem comparecer à secretaria das 7h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30. A habilitação dos empresários prevê a venda dos primeiros 40 lotes com dimensão de até 200 metros quadrados.

Haja vista ser uma modalidade mais simples, por meio de edital e com dispensa de licitação, as empresas podem pleitear até quatro lotes. “A garantia da venda de todos os lotes é absoluta porque a procura já atende nossas expectativas. A intenção é fazer a publicação do resultado em até dez dias depois do processo”, explicou o secretário de Obras Públicas Leonardo Neder.

O empresário Dartagnan Roos foi um dos primeiros a chegar para garantir a proposta de oferta. “A organização está de parabéns e eu espero pleitear com êxito esses lotes, já que temos duas propostas de negócio na Cidade, uma delas é no ramo de clínica de ultrassom e raio x”, comenta.

O edital de chamamento público foi publicado em 26 de março e ficou disponível para a apreciação por 30 dias. A entrega das primeiras casas da Cidade do Povo está prevista para o mês de maio. Cerca de 400 unidades serão entregues com toda a infraestrutura, como distribuição de energia elétrica, vias pavimentadas, drenagem e instalações de rede de água e esgoto e todos os serviços essenciais.

Segundo Leonardo, uma galeria comercial será entregue junto com as casas para suprir a necessidade dos moradores. O empreendimento será composto por pensões e mercantis coordenados pelas famílias que já possuíam estabelecimentos comerciais.