patrimônio

Com investimento de R$ 2,6 milhões, governador vistoria obras de revitalização do Comando Geral da PM

Nesta sexta-feira, 3, o governador do Estado, Gladson Cameli, foi verificar de perto a execução das obras de revitalização do Comando Geral da Polícia Militar, no centro de Rio Branco. Esta é a maior intervenção já realizada em um dos prédios mais antigos e simbólicos do Acre, que tem previsão de ser entregue até o início de janeiro de 2022.

Governador Gladson Cameli acompanhou obras de revitalização do Comando Geral da Polícia Militar, nesta sexta-feira, 3. Prédio histórico está recebendo investimento de R$ 2,6 milhões por parte do governo acreano Foto: Marcos Vicentti/Secom

A vistoria técnica foi acompanhada ainda pelo comandante-geral da instituição militar, coronel Paulo César Gomes; do subcomandante, coronel Luciano Dias; do diretor Operacional, coronel Atahualpa Ribera; do diretor de Saúde, coronel Wagner Stanislau; do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Nicolau Júnior; e do deputado estadual Cadmiel Bomfim.

Com investimento de R$ 2,6 milhões, provenientes de recursos próprios do governo acreano, os três blocos da estrutura inaugurada no fim da década de 1920 serão contemplados com nova pintura, troca da cobertura, readequação da drenagem e das redes elétrica e hidráulica, entre outras benfeitorias. 

O zelo com os prédios públicos estatais tem sido uma marca positiva da gestão de Gladson Cameli. Sobre a reforma, o chefe do Poder Executivo destacou a relevância histórica do Comando Geral da PM para a sociedade acreana.

Durante a visita, Cameli aproveitou para agradecer o empenho dos operários, que trabalham na execução da obra Foto: Marcos Vicentti/Secom

“As pessoas olham para esse prédio e sentem orgulho porque ele faz parte da história e do nosso cotidiano. O Comando Geral da Polícia Militar é um lugar que passa segurança para a nossa população, serve como ponto de referência e ainda é um cartão-postal de Rio Branco. Então, um espaço como esse merece todo o respeito e atenção por parte do governo”, declarou Cameli.

Iniciada em maio deste ano, a revitalização já está 30% concluída e o cronograma estabelecido segue sem atrasos. A obra pública tem contribuído diretamente com aquecimento da economia. Além dos próprios materiais estarem sendo adquiridos no comércio local, cerca de 22 operários trabalham no lugar.

Uma das grandes novidades da revitalização é a criação do Museu da Polícia Militar. O espaço de memória contará a história centenária da instituição, desde o período da então Guarda Territorial até os dias atuais. No local, os visitantes terão acesso ao acervo de objetos antigos, que fizeram parte da trajetória de sucesso da corporação.

Sede da PM do Acre passa pela maior intervenção de sua estrutura em mais de 90 anos de existência Foto: Marcos Vicentti/Secom

Por ser um prédio em processo de tombamento pelo Departamento de Patrimônio Histórico e Cultural do Acre, todas as características da arquitetura original estão sendo rigorosamente preservadas. A obra conta também com a fiscalização de arquitetos da Fundação Elias Mansour (FEM).

De acordo com o coronel Paulo César Gomes dos Santos, a intervenção era muito aguardada pelos militares, que terão melhores condições para trabalhar na sede da PM. “Este era um anseio nosso, já que a estrutura estava bastante precária e o ambiente era insalubre. Essa revitalização será muito importante para melhorar a qualidade de vida do servidor”, disse.