Além de ser uma festa para que a população possa curtir, o Carnaval da Família é um dos eventos que mais movimenta a economia no estado – do pequeno, médio e grande empreendedor, todos aproveitam para aumentar as vendas do seu negócio. Os lucros, segundo os comerciantes, foram bons e a última noite foi ainda melhor com o show do sambista Neguinho da Beija-Flor, nesta terça-feira, 13.

Carnaval da Família movimenta economia local. Foto: Josciney Bastos/Secom

Raribe da Silva disse que a expectativa foi atingida, mas na última noite as vendas foram maiores. “A gente conseguiu vender nossa meta por noite e superamos na última noite porque veio muita gente”, contou ao avaliar a venda de bebidas alcoólicas. A preferência, segundo ele, foi a cerveja suja. 

Marcia Vanessa, que estava vendendo caldos e rabadas, contou que a última noite sempre é a mais esperada nesses eventos. “Com o show, acho que conseguimos superar as vendas”, disse.

E qual é o acreano que não curte uma bananinha? Julia Lima comemorou as vendas do produto – tem desde a doce até a salgada. “As pessoas gostam mais da doce e as vendas foram muito boas”, avaliou. 

Vários segmentos estiveram no Carnaval da Gameleria. Foto: Josciney Bastos/Secom

Para Vandressa Lima, que está vendendo carne na chapa, a última noite foi para superar as vendas. “Hoje espero tirar todo o investimento que fiz”, afirmou. 

A barraca de Kebab é uma das mais visitadas por ser um lanche rápido e prático, segundo a vendedora Emanuele Oliveira.

“A venda foi boa e os últimos dias estão melhorando. A expectativa é vender mais, porque é um lanche rápido, prático e por isso sai mais. A gente aproveita esses eventos maiores para vender mais”, salientou. 

Cuidando de brinquedos voltados para as crianças, Justin Ramos disse que esteve nas duas últimas noites e o movimento agradou. “Está vindo muita gente, está sendo muito bom.”

Última noite é a mais esperada pelos empreendedores. Foto: Josciney Bastos/Secom

O ambiente de negócios nesse tipo de evento é democrático. Caio Campos, gerente comercial de uma cervejaria já consolidada no mercado acreano, diz que a última noite sempre é de superar a meta. 

“No geral, as vendas foram muito boas. A última noite sempre é o melhor dia e esperamos ter superado nossa meta”, completa. 

Assim como os pequenos empreendedores Angelina Gonçalves e Francisco Lima. Ela vende churros e crepes e ele pipocas – lanches que são os queridinhos para quem está curtindo a noite de Carnaval. 

Carnaval é ambiente de negócios. Foto: Josciney Bastos/Secom

“Hoje tem show nacional e as vendas aumentam bem mais”, diz Angelina. Francisco disse que em todos os dias as vendas surpreenderam. “Vendi bem, mas hoje está bem melhor. A mais pedida é a pipoca doce, ela é unânime entre crianças e adultos”, avalia. 

O período para balanços, de forma geral, é após o Carnaval. Mas, o governador Gladson Cameli destacou que as expectativas foram atendidas e que isso foi resultado do trabalho de todos. 

“É um aprendizado constante, é uma festa de todos. O que me chamou atenção foi a união de toda a equipe. Foram pessoas de todos os cantos, desde o pequeno empreendedor até as pessoas que saíram de casa e vieram curtir o Carnaval por se sentirem seguras. Faria tudo de novo.”