Circuito Documentário exibe filme sobre o poeta Vinícius de Moraes

A obra não mostra algo novo sobre a vida e carreira do artista, mas serve para celebrar aquele que foi um dos mais importantes poetas e compositores do Brasi

O projeto Circuito Documentário exibe nesta quarta-feira, 20, “Vinícius”, dirigido por Miguel Faria Jr., às 19 horas ,no Ponto de Difusão Hélio Melo. O documentário é uma espécie de filme multimídia, que mostra a intimidade e a obra do poeta e compositor Vinícius de Moraes (1913-1980).

“Vinícius” mostra além dos típicos depoimentos de amigos e familiares comuns nesse tipo de projeto, diversas intervenções teatrais protagonizadas por Camila Morgado e Ricardo Blat. Co-produzido pela filha de Vinicius, Susana de Moraes (que é ex-mulher do diretor), o documentário é uma homenagem rasgada (e bem-vinda) que apresenta uma figura do mundo artística brasileira cheia de nuances. Como demonstra o documentário, o compositor desde pequeno teve uma inclinação para as artes, embora tenha trabalhado no Itamarati.

O que o documentário também deixa bem claro sobre a intimidade do poeta é que a paixão era a força motriz de sua vida e obras. Para a atriz Tônia Carrero, que foi amiga dele, “ele viveu de paixões”, e por isso acabou se casando nove vezes e se apaixonando outras tantas.

Já músicos e parceiros de Vinicius exploram a importância dele para a música brasileira e como era trabalhar com o mestre. Entre os tantos entrevistados estão Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Maria Bethânia e Toquinho, que falam não apenas da veia artística, como também da etílica – seja compondo, seja no palco, ele não se separava de uma garrafa do mais legítimo uísque escocês.

Além de diversas gravações originais de canções de Vinicius de Moraes, o longa conta com novas versões cantadas por artistas como Zeca Pagodinho, Olívia Byington e Adriana Calcanhoto, que aparecem no filme.

O Circuito Documentário é uma realização da ABDeC/AC em parceria com o Governo do Estado do Acre, através da Fundação Elias Mansour. Entrada franca.

Serviço: Theatro Hélio Melo – End.: Av. Getúlio Vargas, S/N, Centro – Tel.: 3224-2133.