Centro Socioeducativo Aquiry realiza atividades de inclusão familiar

A valorização familiar e paterna foram os temas da atividade (Foto: Assessoria ISE)
Valorização familiar e paterna foi o tema da atividade (Foto: Assessoria ISE)

Com o objetivo de fortalecer os vínculos familiares, aproximando os adolescentes internos e seus filhos, o Centro Socioeducativo (CS) Aquiry proporcionou neste fim de semana uma série de ações para fortalecer o vínculo paterno.

Inserções teatrais, lanche, palestras e dinâmicas interativas entre pais e filhos marcaram a atividade, que contou com a presença das mães das crianças.

Segundo o diretor do CS Aquiry, Wilkerson Avilar, o contato dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e seus filhos estimula os laços afetivos e demostra a importância da família no processo de socioeducação.

“Quando articulamos esse contato entre os jovens e seus filhos, observamos a evolução no comportamento e participação nos trabalhos socioeducativos, pois eles refletem sobre a responsabilidade e os desafios após o período de internação” afirma.

O socioeducando Mário (nome fictício), 17 anos, declara que, ao encontrar seu filho, gerou uma motivação para acompanhar o dia a dia dele, quando estiver ressocializado. “É um momento de muita felicidade encontrar o meu filho. Isso o estimula quando sair daqui, buscar um futuro melhor para ele.”

De acordo com o presidente do Instituto Socioeducativo do Acre, Leonardo Carvalho, a família tem um papel fundamental no processo de ressocialização. “A família é um elo motivador para que o adolescente encontre as orientações e o apoio para construir uma nova etapa na sua vida, principalmente os que possuem filhos, pois terão os desafios e responsabilidades que a paternidade impõe”, finaliza.

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest