serviço

Carreta Ambiental beneficia comunidades de Xapuri com atendimento itinerante

Dando prosseguimento a política pública do governo Gladson Cameli, de facilitar a vida dos cidadãos habitantes de áreas rurais e locais isolados, levando os serviços até eles, esta semana a Carreta Ambiental esteve ofertando seu leque de atendimentos em questões ambientais  para as comunidades de Xapuri.

Carreta Ambiental disponibiliza informação e entretenimento para as comunidades de Xapuri Foto: Neto Lucena/Secom

A Carreta Ambiental é um projeto do governo do Acre, via Ministério do Meio Ambiente, que leva de forma itinerante todos os serviços prestados pelas instituições do Estado encarregadas pelo setor de Meio Ambiente, a maioria relacionados a licenciamento ambiental, serviço de outorga ou dispensa da mesma.

Também promove a formação dos técnicos encarregados desse setor, nas respectivas prefeituras dos municípios que estejam recebendo a ação itinerante da Carreta Ambiental. O objetivo é promover a capacitação para que estejam munidos das devidas informações, para fazer os encaminhamentos certos diante da procura por parte dos trabalhadores rurais.

Programa de capacitação e atendimento ambiental itinerante faz parte do projeto Carreta Ambiental

Coordenada pelo Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), essa ação itinerante conta com parcerias importantes como a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), encarregada do Cadastro Ambiental Rural e o programa de regularização ambiental.

A ação itinerante atende as comunidades rurais em todas as questões relacionadas ao meio ambiente Foto: Neto Lucena/Secom

A Secretaria de Estado de produção e Agronegócio (Sepa), compõe os serviços da Carreta Ambiental ofertando emissão de Departamento de Ações Pragmáticas (Dapes) e análise de projetos de créditos junto as instituições de financeiras dos trabalhadores rurais.

Ao Instituto de Terras do Acre (Iteracre), cabe as análises, mediações e encaminhamentos de questões fundiárias e todos os serviços relacionados ao segmento fundiário rural e urbano.

Segundo o chefe da coordenação ambiental do Imac, James Alves, o projeto, fruto de emenda parlamentar, prevê que até dezembro deste ano a carreta tenha levado a ação itinerante aos 11 municípios que compõem o Alto e Baixo Acre.

Coordenação ambiental do Imac faz frente a todas as ações do programa Carreta Ambiental Foto: Neto Lucena/Secom

“A prioridade do governo é estar sempre avançando, pra ofertar um serviço cada vez melhor as comunidades e nesse sentido, na edição do projeto que vai acontecer na próxima semana em Capixaba já contaremos também com a participação do Secretaria de Empreendedorismo e Turismo”, acrescentou James Alves.O produtor rural Romário da Silva comemorou o fato de não precisar ter que ir a Brasileia, cidade mais próxima, para tirar documentos cuja liberação pode ocorrer em até 2 meses.

Trabalhador rural satisfeito com agilidade e comodidade dos serviços em licenciamento ambiental levado até ele Foto: Neto Lucena/Secom

“Muito grato ao governo por nos ajudar tanto, pois só nós, trabalhadores rurais sabemos a dificuldade que é ter que viajar pra outra cidade para conseguir documentos”, reconheceu o trabalhador rural.

O prefeito de Xapuri, Francisco Ubiracy Machado, ressaltou a importância de uma ação como esta, de levar todos os serviços de um segmento de suma importância, como o meio ambiente, às comunidades rurais, agregando tantos serviços num só local.

Prefeito Bira Vasconcelos agradeceu pelos serviços levados para beneficiar as comunidades de Xapuri Foto: Neto Lucena/Secom

“Xapuri agradece ao governo e todos os profissionais envolvidos no mutirão da carreta ambiental, que atenderam tão bem a população nas mais variadas demandas que representam muito em suas vidas”, reconheceu o prefeito.