Campeonato de esportes eletrônicos reúne jovens na Biblioteca Pública

WarZone foi realizado das 18 horas de sábado, 17, às 6 horas de domingo, 18 (Foto: Angela Peres/Secom)

A noite de sábado, 17, foi atípica para dezenas de jovens que costumam visitar a Biblioteca Pública de Rio Branco. Na primeira edição do Campeonato WarZone, estiveram reunidos por doze horas seguidas praticantes de esportes eletrônicos na disputa do torneio Counter-Strike: Global Offensive.

O evento dividiu cinco equipes de oito integrantes e contou com outros 16 participantes na competição Fifa 2016. De acordo com o coordenador de Tecnologia da Informação da instituição, Igor Freitas, a ideia é que, pelo menos, mais quatro projetos semelhantes sejam desenvolvidos no próximo ano.

“Nossa proposta é incentivar o surgimento de novos talentos nesse universo eletrônico que já ganhou o mundo”, destacou.

André Soares elogiou a iniciativa do campeonato (Foto: Angela Peres/Secom)

O campeonato ofereceu premiação de R$ 500 para os times vencedores, que também tiveram a oportunidade de entrar para o ranking da Liga Acreana de E-Sports.

André Soares é analista de sistemas na Procuradoria Geral do Estado (PGE) e adepto a essa modalidade de jogos há alguns anos. Ele conta que já foi premiado em vários campeonatos e elogiou a iniciativa de inserir essas atividades nos espaços públicos.

“A interatividade é o maior ganho em um campeonato como esse, o que vai despertar a juventude novamente para as competições. Esse evento nos gerou uma expectativa grande por se tratar de uma estrutura como a da biblioteca, que tem um espaço ideal para jogadores de nível nacional”, frisou.

Esta edição faz parte de uma série de ações previstas para 2017, para que a população de Rio Branco, sobretudo, a juventude, se aproprie de tudo o que a Biblioteca Pública dispõe para a promoção da cultura e lazer.