câncer de próstata

Campanha Novembro Azul busca conscientizar homens pela busca do diagnóstico precoce

Na manhã desta segunda-feira, 8, os servidores da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) estiveram no hall do órgão para participar do início das atividades alusivas à campanha Novembro Azul, de prevenção ao câncer de próstata, e que alerta para a saúde do homem, que ocorreu junto com ações voltadas à conscientização sobre o diabetes.

As equipes chamam a atenção para os tabus que impedem o homem de se atentar à sua saúde. Foto: Taís Nascimento

Com o slogan “Não se esconda atrás do seus preconceitos” as equipes chamam a atenção para os tabus que impedem o homem de se atentar à sua saúde. Além disso, durante a abertura, foi realizada a aferição da pressão arterial e glicemia capilar dos servidores, cálculo de IMC, aplicação de questionário de risco para diabetes.

E, também, foi feito um painel expositivo de alimentos, além de sessões de auriculoterapia, SPA dos pés e ventosaterapia, e sorteio de brindes.

“Hoje, por exemplo, o exame de próstata do toque é realizado em homens que apresentem os sintomas, ou que tenham histórico na família. Após essa conversa e diagnóstico, o clínico solicita os exames laboratoriais e posteriormente encaminha o paciente ao especialista”, explicou a chefe da divisão de ações programáticas e estratégicas da Sesacre, Silvia Helena de Araújo.

Os sintomas são: micção frequente, fluxo urinário fraco ou interrompido, vontade de urinar frequentemente à noite (Nictúria), sangue na urina ou no sêmen, disfunção erétil, dor no quadril, costas, coxas, ombros ou outros ossos se a doença se disseminou, fraqueza ou dormência nas pernas ou pés.