imunização

Campanha de vacinação contra influenza tem novas estratégias de aplicação

A meta estadual é vacinar 16.862 trabalhadores de saúde e 48.515 idosos

Considerando a situação de pandemia em todo o mundo em decorrência da Covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do setor de Imunização, repassou novas orientações e estratégias aos municípios, para vacinar os públicos prioritários da campanha contra influenza.

A chefe do setor da Sesacre, Renata Quilles, falou sobre a estratégia da campanha que passa a ser realizada em todo o estado. E que já demonstra bons resultados logo no primeiro dia de campanha.

“Iniciamos ontem, dia 23 de março, nosso primeiro dia de campanha com muito sucesso graças a Deus. Já alcançamos  6.527 doses em idosos em todo estado, que corresponde a 3,45% de cobertura e 2103 doses no trabalhador de saúde que corresponde a 12,47% de cobertura”, destaca a chefe do setor de Imunização.

Segundo Renata é um avanço muito grande para um único dia de campanha, a busca foi intensa porém também estão atuando para conscientizar a população a ter um pouco mais de tranquilidade e evitar aglomerações nas Unidades de Saúde, pois o estado não recebeu ainda todas as doses que estão previstas. A meta estadual é vacinar 16.862 trabalhadores de saúde e 48.515 idosos.

Estratégias

“Algumas estratégias foram utilizadas pelos municípios e aqui na capital. Uma delas, por exemplo, é utilizar o ‘drive thru’, que também foi um método utilizado em outros municípios como Cruzeiro do Sul e que corresponde à vacinação dentro do carro nos idosos e em pessoas com dificuldades locomoção”, explicou Renata.

A imunização no carro está ocorrendo no antigo pátio de vistoria do Detran, na avenida Nações Unidas, em frente ao 7º BEC, das 7h às 17h Foto: Fagner Delgado/Semsa – Cedida

Para isso foram montados pontos estratégicos para vacinação para atender essa demanda, que no primeiro dia foi grande a procura e a fila de carros, mas o método evitou a aglomeração típica nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Na capital, a imunização no carro está ocorrendo no antigo pátio de vistoria do Detran, na avenida Nações Unidas, em frente ao 7º BEC, das 7h às 17h, sem intervalo para o almoço. Os municípios utilizaram também de outras medidas para a vacinação, como a oferta de um ambiente mais arejado nas UBS e a busca ativa de casa em casa desse público prioritário.

Semsa disponibiliza o telefone 3224-4269 para agendamento de idosos que não podem se deslocar de seu domicílio Foto: Fagner Delgado/ Semsa – Cedida

Em Rio Branco a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibiliza o telefone 3224-4269 para agendamento de idosos que não podem se deslocar de seu domicílio. Para atender esses agendamentos foram destacadas equipes volantes para que façam a visita domiciliar e realizem a imunização desses idosos. Já os profissionais de saúde devem buscar as unidades, no período da tarde.

“Estamos no início da nossa campanha, solicitando incessantemente ao Ministério da Saúde que, na oportunidade, nos forneça mais doses de vacina e vamos continuar a busca pelo nosso público prioritário que são os  idosos e  trabalhadores da saúde, que correspondem ao público da primeira etapa que teve início dia 23 de março e vai até o dia 15 de abril”, pontuou Renata.

O Ministério da Saúde recomendou que fosse suspensa a vacinação de rotina das crianças nessa primeira etapa. A população deve manter suas crianças protegidas em casa nesse momento e não as levem para vacinação nas Unidades de Saúde.

“Desejamos sucesso a todos os estados e a todos os municípios nessa campanha, que é mais um método também de minimizar a circulação viral no país, e evitar os outros vírus da influenza que também são perigosos. E, além dessa campanha, estamos trabalhando com as estratégias de vacinação contra o sarampo”, finalizou a chefe da Imunização do Estado.