Bombeiros mirins têm aula inaugural no Teatro dos Nauas

Para a sétima edição do projeto Bombeiros Mirins foram ofertadas 150 vagas para o Juruá (Foto: Onofre Brito)
Para a sétima edição do projeto Bombeiros Mirins foram ofertadas 150 vagas para o Juruá (Foto: Onofre Brito)

Com a presença da vice-governadora Nazareth Araújo e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC), coronel Carlos Gundim, foi dado início à 7ª edição do projeto Bombeiros Mirins em Cruzeiro do Sul na noite de segunda-feira, 4, em ato no Teatro dos Nauas. Nesta edição o projeto alcançará 150 jovens de 12 a 14 anos de cerca de vinte 20 escolas públicas, com duas turmas em Cruzeiro do Sul, uma turma na comunidade Lagoinha, uma turma na Vila São Pedro e uma turma em Mâncio Lima.

Iniciado em 2010, em Cruzeiro do Sul, como um projeto da corporação, idealizado pelo então major Moisés, com apenas 45 alunos, nos anos seguintes o governo do Estado abraçou o projeto e expandiu para todos os municípios que têm sede dos bombeiros.

Walace que ser bombeiro ‘para sempre’ e conseguiu o que queria: uma foto com a vice-governadora Nazareth Araújo (Foto: Onofre Brito)
Walace que ser bombeiro ‘para sempre’ e conseguiu o que queria: uma foto com a vice-governadora Nazareth Araújo (Foto: Onofre Brito)

Nas seis primeiras edições somente no Juruá o curso chegou a 1.800 estudantes. Em todo o estado cerca de cinco mil estudantes já se beneficiaram do curso que oferece noções de cidadania, civismo, nado, educação física, esportes, sobrevivência, educação ambiental, prevenção a drogas, entre outros.

O estudante da Escola São José, de apenas dez anos, Walace da Silva Matias, disse que vai fazer o curso por gostar muito do trabalho dos bombeiros, especialmente no que toca à preservação dos rios. “Quero ser bombeiro para sempre”, afirmou. A alegria de Walace só se completou quando conseguiu, ao final da solenidade, tirar uma foto ao lado da vice-governadora.

Desenvolver o caráter

Segundo o comandante do 4º batalhão dos Bombeiros sediado em Cruzeiro do Sul, tenente-coronel Marcelo Araújo, o curso procura incentivar o cumprimento de horários, zelo com o uniforme, somando junto com a família na formação dos jovens: “Isto para que venham a desenvolver um bom caráter, uma boa personalidade para que possam caminhar num caminho positivo para a sociedade”.

O representante da Secretaria de Educação e Esporte na regional, Charles André Rosas, atestou a eficácia do curso, garantindo que os alunos que por ele passaram apresentam um diferencial em seu desempenho escolar.