seca prolongada

Boletim semanal sobre a seca no estado do Acre – de 22 a 29 de novembro

O governo federal reconheceu, no dia 16 de outubro, em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU), a Situação de Emergência em todos os 22 municípios do estado do Acre devido à seca. Antes, um decreto estadual publicado no dia 6 de outubro já declarava Situação de Emergência devido à iminente possibilidade de desabastecimento no sistema de água do estado.

No dia 1º de novembro, o governo federal, por intermédio do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, autorizou o empenho e o repasse de recursos ao Acre, no valor de R$ 8,2 milhões, para a execução de ações que promovam assistência às famílias mais impactadas pelo período de estiagem prolongada no estado.

Confira a seguir os dados referentes à crise hídrica no estado do Acre na última semana:

Previsão do tempo

De acordo com o Centro Integrado de Geoprocessamento e Monitoramento Ambiental (Cigma), órgão ligado à Secretaria do Meio Ambiente (Sema), com dados baseados no Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a previsão do tempo para a Região Norte, é de chuva em forma de pancadas, com valores maiores que 50 milímetros (mm) no Amazonas, Acre, Rondônia, Pará, norte do Amapá e Tocantins, podendo vir acompanhadas de raios, rajadas de vento e trovoadas devido ao calor e a alta umidade. Nas demais áreas, não descartam pancadas de chuva isoladas (tons em azul no mapa).

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) concluiu, nesta segunda-feira, 27, a previsão do tempo para as próximas duas semanas. Na primeira, entre os dias 27/11 e 04/12, os maiores volumes de chuva estão previstos para o oeste e sul do País (tons em vermelho e rosa no mapa da figura 1).

Mapa de previsão do tempo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entre os dias 27/11 e 04/12.

Regional do Alto Acre

Previsão é de céu com muitas nuvens com pancadas de chuva e trovoadas isoladas nesta quarta-feira, 29, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro a previsão segue a mesma tendência. As temperaturas devem variar com mínimas de 24ºC a máximas de até 31°C. A umidade relativa do ar prevista será de 50% a 100% nos municípios de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri.

Região do Baixo Acre

Previsão é de céu com muitas nuvens com pancadas de chuva e trovoadas isoladas nesta quarta-feira, 29, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro a previsão segue a mesma tendência. As temperaturas devem variar de mínimas de 24ºC a máximas de até 30°C. A umidade relativa do ar prevista será de 55% a 100% nos municípios de Capixaba, Rio Branco, Bujari, Porto Acre, Plácido de Castro, Senador Guiomard e Acrelândia.

Regional do Purus

Previsão é de céu com muitas nuvens com pancadas de chuva e trovoadas isoladas nesta quarta-feira, 29, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro a previsão segue a mesma tendência. As temperaturas devem variar de mínimas de 23ºC a máximas de até 32°C. A umidade relativa do ar prevista será de 60% a 100% para os municípios de Sena Madureira, Manoel Urbano e Santa Rosa do Purus.

Região de Tarauacá/Envira

Previsão é de céu com muitas nuvens com pancadas de chuva e trovoadas isoladas nesta quarta-feira, 29, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro a previsão segue a mesma tendência. As temperaturas devem variar de mínimas de 23ºC a máximas de até 30°C. A umidade relativa do ar prevista será de 60% a 100% para os municípios de Tarauacá, Feijó e Jordão.

Regional do Juruá

Previsão é de céu com muitas nuvens com pancadas de chuva e trovoadas isoladas nesta quarta-feira, 29, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro a previsão segue a mesma tendência. As temperaturas devem variar de mínimas de 23ºC a máximas de até 31°C. A umidade relativa do ar prevista será de 60% a 100% para os municípios de Cruzeiro do Sul, Porto Walter, Rodrigues Alves, Marechal Thaumaturgo e Mâncio Lima.

Qualidade do ar

A média diária da concentração de Material Particulado (μg/m³) com os indicadores recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) de concentração na atmosfera é de que não passe de 15 μg/m³.

No período de 19 a 25 de novembro, durante a semana epidemiológica N°47, mapeou-se que nenhum município registrou média semanal acima de 15 μg/m³, estando todo o estado com qualidade do ar satisfatória.

Para mais informações sobre dados oportunizados pela Sema acesse: Sala de Situação

Nível dos principais rios

Em Assis Brasil e Brasiléia, no decorrer da semana, o rio apresentou uma dinâmica de elevação a partir do dia 23 de novembro. Assis Brasil registrou o nível de 3,89 m no dia 26 de novembro e na cota desta quarta-feira, 29, registrou 3,19 m, uma redução de 70 cm. Brasileia registrou o nível de 1,78 m no dia 25 de novembro e na cota desta quarta, 29, registrou 1,83 m, uma elevação de 5 cm.

O Riozinho do Rola, afluente do Rio Acre, apresentou uma dinâmica de elevação no decorrer da semana. Registrou o nível de 1,39 m no dia 25 de novembro e na cota desta quarta-feira, 29, registrou 1,06 m, uma redução de 33 cm.

O Rio Iaco apresentou uma dinâmica de elevação e redução em Sena Madureira. Registrou o nível de 1,84 m no dia 28 de novembro e na cota desta quarta-feira, 29, registrou 1,55 m, uma redução de 29 cm.

O Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, apresentou uma dinâmica de elevação. Registrou o nível de 3,97 m no dia 25 de novembro e na cota desta quarta-feira, 29, registrou 4,42 m, uma elevação de 45 cm.

O Rio Envira, em Feijó, apresentou uma dinâmica de elevação. No início do mês, dia 1º de novembro registrou uma cota de 3,76 m, nesta quarta-feira, 29, registrou uma cota de 6,48 m.

Veja os níveis nesta quarta-feira, 29

Rio Acre / Rio Branco: 2,56 m

Rio Acre / Assis Brasil: 3,19 m

Rio Acre / Brasileia: 1,83 m

Riozinho do Rola / Rio Branco: 1,06 m

Rio Juruá / Cruzeiro do Sul: 4,42 m

Rio Juruá / Marechal Thaumaturgo: 3,65 m

Rio Iaco / Sena Madureira: 1,55 m

Rio Envira / Feijó: 6,48 m

Focos de calor

O número de focos de calor no Acre, no período de 1º de janeiro até dia 28 de novembro de 2022 foi de 11.819 focos, sendo que em 2023, no mesmo período, foi de 6.558 focos, uma redução de 45%.

O número nos focos de calor no Acre, no período de 1º a 29 de novembro de 2022 foi de 911 focos, sendo que em 2023, no mesmo período, foi de 160 focos, uma redução de 82%.

Total de incêndios combatidos

O Corpo de Bombeiros combateu, no período de 23 a 29 de novembro, 8 incêndios, sendo 6 na capital e 2 no interior do estado.