Em Cruzeiro do Sul

Biodigestor e premiação de mulheres de negócios são destaque na Expoacre Juruá

A 13ª ExpoJuruá iniciou na última quinta-feira, 31, em Cruzeiro do Sul. Durante a primeira noite da 13ª ExpoJuruá foram apresentados os benefícios do biodigestor como fonte alternativa de energia sustentável, além da premiação de mulheres empreendedoras organizada pelo Sebrae/AC.

O secretário de Desenvolvimento da Indústria e Comércio, Sibá Machado, reuniu parceiros da indústria e instituições de ensino para demonstrar aos presentes a eficácia do biodigestor.

Segundo Sibá, essa tecnologia tão usada no mundo ainda não é valorizada no Brasil, muito menos na Amazônia e no Acre. Porém, em Cruzeiro do Sul o agricultor Rosendo Alves Magalhães criou um biodigestor e a partir dessa criação a proposta está expandindo.

“A partir dele já temos três biodigestores funcionando em Brasileia, um em Plácido de Castro e estamos inaugurando, aqui em Cruzeiro do Sul, no Frigorífico do Nascimento. Esperamos transformar num programa de auto suficiência energética, na zona rural do Acre, substituindo as dificuldades da geração de energia elétrica”, disse o secretário.

Biodigestor é uma fonte de energia alternativa viável na região (Foto: Onofre Brito/Secom)

A vice-reitora da Universidade Federal do Acre (Ufac) Guida Aquino afirmou a inserção da instituição nesse projeto com a assinatura de um protocolo de intenções para um posterior acordo de cooperação.

“Para que nossos professores possam atuar com parecer técnico e esperamos estar colaborando com esse projeto que irá melhorar o desenvolvimento do Juruá e do Estado do Acre” afirmou Guida.

Rosana Nascimento, reitora do Instituto Federal do Acre (Ifac) falou sobre o convite recebido pela Sedens para o projeto do biodigestor e ressaltou os experimentos com biofertilizantes já realizados pela instituição.

“A gente vai somar com os parceiros no teste e o desenvolvimento do biodigestor. O aspecto positivo é que vai servir de aula prática para os nossos alunos, já que nossos professores estão desenvolvendo pesquisas nessas áreas e os produtores vão poder testar o biodigestor usando nosso biofertilizante” afirmou Rosana.

A premiação Mulheres de Negócios

Numa outra solenidade realizada no stand Sebrae, a instituição premiou mulheres empreendedoras.

Edvânia Meire Freitas da Silva da empresa Studio de Dança e Academia Juruá, foi a escolhida na categoria Pequeno Negócios com o Prêmio Ouro, e na categoria mulheres que exploram atividades agrícolas, pecuária ou pesqueiras a vencedora foi Maria José da Silva Maciel, agricultora da comunidade Pentencostes, Vila Maciel, no município de Mâncio Lima.

Emocionadas com a premiação agradeceram o apoio do Sebrae e relembraram as lutas do cotidiano que transformaram as dificuldades em vitória.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Mâncio Lima Cordeiro, parabenizou as vencedoras e aproveitou para agradecer os parceiros, que ajudaram o órgão na realização da premiação.

Acompanhe a transmissão ao vivo da Expoacre Juruá.