Nova unidade de ensino reconhece comunidade que homenageia líder comunitário

O Governador Binho Marques entrega nesta quarta-feira, 03, a Escola de Ensino Fundamental João Eduardo, localizada no bairro que leva o nome do líder comunitário. A entrega dessa nova unidade de ensino aos moradores de uma região historicamente marcada pelos inúmeros conflitos pelo direito à moradia e à dignidade dos excluídos da terra nas décadas de 1970 e 1980 é um reconhecimento e uma homenagem do Governo do Acre ao trabalho do líder comunitário que ousou lutar pela organização e pela construção de um novo espaço social, econômico e cultural para os trabalhadores acrianos.

João Eduardo nasceu em 23 de junho de 1943, no seringal Jurupari, próximo ao município de Feijó. Após trabalhar em inúmeros seringais no Acre e no Amazonas, fixou-se em Rio Branco no início da década de 1970. Após residir no bairro 6 de Agosto, mudou-se para uma região de ocupação próxima ao bairro da Bahia, que hoje leva seu nome.

Ele foi presidente da comissão de demarcação de lotes para as famílias carentes nesta área até sua morte. Participante ativo das Comunidades Eclesiais de Base trabalhava por melhores condições de vida para os trabalhadores expulsos dos seringais pela frente de expansão agropecuária no começo dos anos 70.

João Eduardo foi assassinado em 18 de fevereiro de 1981, vítima dos conflitos pela posse da terra, na área urbana de Rio Branco.