Binho entrega ramal asfaltado e obras de urbanização da Vila do V

Investimentos custaram mais de R$ 5,5 milhões e consolidam a região de Porto Acre como polo de produção e desenvolvimento

vila_do_v_em_porto_acre_foto_sergio_vale_1.jpg
vila_do_v_em_porto_acre_foto_sergio_vale_13.jpg
vila_do_v_em_porto_acre_foto_sergio_vale_30.jpg
vila_do_v_em_porto_acre_foto_sergio_vale_28.jpg

Investimentos garantem mais segurança e qualidade de vida aos moradores da região, afirmou Binho Marques durante inauguração (Foto: Sérgio Vale/Secom)

O governador Binho Maques inaugurou neste sábado as obras de restauração e ampliação do ramal da Linha 1, que dá acesso à vila do Incra e de urbanização da Vila do V, em Porto Acre. O acesso possui trecho de 8,33 quilômetros. As obras custam mais de R$ 5,5 milhões. Os serviços contratados e coordenados pelo Departamento Estadual de Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre (Deracre) e pela Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop)  constam de  restauração do pavimento com reciclagem da base e incorporação do revestimento existente, construção de bueiros e recuperação de drenagem, urbanização da Vila do V com calçamento e sinalização.

São 1.464 metros de bueiros, seis quilômetros de meio-fio e 2,5 quilômetros de calçada padrão. "As mudanças são muitas porque no Acre temos um movimento que é do povo. O povo descobriu o caminho", disse o governador à multidão que se juntou à praça central para participar do ato, considerado como "momento de festa" pelo prefeito de Porto Acre, José Maria. 

As obras de urbanização da Vila do V contemplaram também a restauração do pavimento existente, implantação de uma rotatória central – que, apesar da localização foi planejada para evitar movimentações em seu interior e, em virtude disso, manter-se preservada – pavimentação de todos os acessos que convergem para essa rotatória num total de oito acessos, implantação de equipamentos urbanos como lanchonete, ponto de táxi, abrigo de passageiros, lixeiras e playground, calçamento de passeio público, paisagismo e iluminação. 

Estiveram presentes à cerimônia na Vila do V, os deputados federais Nilson Mourão e Perpétua Almeida; os deputados estaduais Walter Prado, Thaumaturgo Lima e Ney Amorim; os vereadores José Guilherme, Eldo Cunha, Neno e Jorge Aud; o ex-senador Sibá Machado; o presidente da Associação Comercial de Porto Acre, Elson  Ferraz; o vice-presidente da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), Joafran Guedes; os superintendentes regionais  do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Raimundo Cardoso e do Ibama, Anselmo Forneck; além de autoridades como o vice-prefeito de Porto Acre, Raimundo Jerônimo (Coca); os secretários de Estado, Carlos Alberto, Anibal Diniz (Comunicação), e da diretora-geral da Rádio Difusora Acreana, Jacira Abdon, entre outros.

O Deracre utilizou mais de cinco mil toneladas de asfalto. Cerca de quarenta mil pessoas estão sendo beneficiadas diretamente e indiretamente com as obras e pelo menos 120 postos de trabalho foram gerados na comunidade.

Município que é considerado o berço da Revolução Acreana, Porto Acre fica localizado no nordeste do Estado. Sua população é de cerca de 14 mil habitantes. Foi criado em 1993 por desmembramento do município de Rio Branco. Até o fim do século 19 fazia parte do território boliviano cuja soberania era reconhecida pelo Brasil. Porto Acre chamava-se então Puerto Alonso e era sede do consulado do Brasil na região. Projetos do Governo do Estado fomentam o turismo na região. Nesse sentido, referências históricas estão passando por intervenção, como o Seringal Bom Destino, cuja pousada está sendo recuperada para receber turistas.

vila_do_v_em_porto_acre_foto_sergio_vale_5.jpg

Entrega das obras de urbanização pelo governador Binho Marques foi prestigiada por lideranças comunitárias e autoridades acreanas (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Obras elevam autoestima da população

vila_do_v_em_porto_acre_foto_sergio_vale_38.jpg

Investimentos garantem segurança na principal via de acesso (Foto: Sérgio Vale/Secom)

As obras inauguradas por Binho Marques representam para os moradores, segundo eles próprios, a realização de um antigo sonho. A região de Porto Acre vinha sofrendo com as disputados políticas que apenas trouxeram o abandono e a omissão. Agora, no entanto, a situação é completamente outra: "O governador junto com o prefeito deram uma grande mudança aqui", disse Dinaires Peres da Silva, há 12 anos morando em Porto Acre. "Eu agradeço porque este lugar é nosso", afirmou o proprietário do Point do Frango, Ivan Fernandes, que fica às margens da Linha 1, de frente a uma pracinha construída a partir do projeto de urbanização da Vila do V.  Conheça dos detalhes da obra:

-Reciclagem de toda a base do pavimento existente do ramal e execução de revestimento asfáltico com CBUQ com espessura de 4 centímetros, duplicação da pista de rolamento em segmentos urbanos e rede de drenagem.

-Recuperação, substituição, ampliação e implantação de bueiros transversalmente à plataforma de pista para transposição de cursos d´água, bem como implantação de bueiros longitidunal de transposição de valetões em acessos laterais ao longo do ramal.

-Implantação da drenagem superficial (meio-fio, sarjeta, entrada de água)

-Implantação de uma rotatória na intersecção da rodovia AC-10 com ramal da Linha 1, contemplando paisagismo e iluminação.

-Implantação de luminárias de vapor de sódio 400w na rede elétrica existente nos centros urbanos.

Vila é convergência de ramais e forma importante ambiente econômico na região

A malha viária de Porto Acre é de 1,4 mil quilômetros para atender a oito projetos de assentamento vinculados a quatro aglomerados urbanos – situação única no Acre. As dificuldades vêm sendo transpostas com trabalho e superação de desafios porque, conforme lembrou o diretor-geral do Deracre, Marcos Alexandre. Os ramais convergem todos para a Vila do V, o que produz um grande fluxo de trabalhadores e empreendedores, gerando um ambiente econômico muito importante na região.

Para manter o fluxo de veículos ordenado, o Governo do Estado implantou uma rotatória na AC-10, equipamento que trouxe beleza estética ao local. "Utilizamos aqui a mesma tecnologia da AC-40, usando uma máquina recicladora de asfalto para aproveitar tudo o que existia", informou Alexandre. "A rotatória traz mais segurança e organização ao trânsito", completou ele, lembrando que a região vinha registrando acidentes de veículos.

{xtypo_rounded2}

RESTAURAÇÃO DO RAMAL DA LINHA 1 E URBANIZAÇÃO DA VILA DO V

Investimentos

Deracre: R$ 5.247.552,58
Seop: R$ 335.353,08
Total: R$ 5.582.905,66
Empregos: 120

Números da obra:

1.464 metros de bueiros
6.000 metros de meio-fio
5.000 toneladas de asfalto
2.500 metros quadrados  de calçada padrão {/xtypo_rounded2}

O QUE ELES DISSERAM

{xtypo_quote}Neste pouco tempo de mandato do prefeito José Maria, e com a ajuda do governador, já temos várias mudanças no nosso município.
Elson Ferraz, presidente da Associação Comercial de Porto Acre {/xtypo_quote}

{xtypo_quote}"Aqui só existiam três ramais e era muito sofrido para a gente escoar nossa produção. Carreguei sacaria de arroz nas costas da colônia até a vila. Hoje, temos esse asfalto para nos ajudar.
Geraldo Santos, representante dos moradores da Vila do V {/xtypo_quote}

{xtypo_quote}É um momento histórico por causa da importância destas obras, o que prova que juntos nós podemos fazer muito mais.
Ney Amorim, deputado estadual {/xtypo_quote}

{xtypo_quote}Houve uma época no Acre em que não tínhamos esses momentos de festa. Hoje é muito bom, o governo trabalha, o prefeito realiza.
Perpétua Almeida, deputada federal {/xtypo_quote}


Galeria de Imagens

 

Assista ao video:

 {flv}manha220310_vila_v{/flv}