Bebê com coração exposto é encaminhado para o Incor em São Paulo

O bebê de 17 dias de vida Sandro Alejandro do Nascimento Rodrigues foi embarcado em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) aérea, no início da madrugada desta sexta-feira, 25, de Rio Branco para São Paulo. Depois de cerca de quatro horas de voo, a criança chegou ao Instituto do Coração de São Paulo (Incor), com o quadro de saúde estável, ao lado dos pais.

Na capital paulista, Sandro foi acolhido pela equipe da UTI neonatal do Incor e pelo médico cirurgião Adib Jatene, que fará novos exames para verificar a possibilidade de realizar a cirurgia reparadora, ainda nesta sexta.

Sandro Rodrigues resiste com o coração exposto há 17 dias; caso é raro e o segundo do país (Foto: Luciano Pontes/Secom)
Sandro Rodrigues resiste com o coração exposto há 17 dias; caso é raro e o segundo do país (Foto: Luciano Pontes/Secom)

“É um caso raro, em que a criança apresenta um quadro de saúde estável, mesmo diante das circunstâncias. Com isso, empenhamos todos os nossos esforços para ajudar a família, com a esperança de conseguirmos garantir a vida do bebê”, relatou a secretária de Estado de Saúde, Suely Melo.

O custo com a UTI aérea foi assumido pelo do governo do Estado do Acre. Os contatos com o Ministério da Saúde (MS) e com o Incor, para internação e procedimentos cirúrgicos, foram feitos, direta e intensamente nos últimos dias, pelo governador do Estado, Tião Viana, e a secretária Suely Melo.

Sandro Rodrigues nasceu com uma anomalia rara conhecida como Pentalogia de Cantrell – coração exposto.  É o segundo caso do país e o primeiro do Acre. “Descobrimos que ele tinha esse problema desde o quarto mês de gravidez, mas nunca desistimos de acreditar que ele sobreviveria”, contou a mãe de Sandro, a estudante Leidiane da Cruz Nascimento.

O pai da criança, o autônomo Marisandro Rodrigues de Sá, relatou como foram os dias de espera pela transferência do bebê para algum hospital de referência no país. “Por ser um caso raro e delicado, ouvi muitas pessoas dizerem que seria muito difícil para ele sobreviver quando nascesse. Mas meu filho já está com 17 dias de nascido. Ele é um guerreiro, e acredito que vá sobreviver”, declarou.

Galeria de imagens