Agentes penitenciários apreendem materiais ilícitos em unidade da capital

 materiais ilícitos foram realizadas em uma unidade penitenciária de Rio Branco (Foto: Cedida)
Na apreensão, um aparelho telefônico foi ocultado em uma publicação (Foto: Cedida)

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC) realizou na manhã desta terça-feira, 10, uma minuciosa revista em um pavilhão do Complexo Penitenciário Francisco D’Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

A inspeção, que envolveu 60 agentes penitenciários, contou com o apoio da Polícia Militar do Acre (PMAC), que auxiliou na segurança da operação, caso ocorresse uma eventual situação de risco. Ao todo, foram apreendidos mais de 30 celulares, uma faca artesanal, um esmeril de amolar facas, além de 28 trouxinhas de cocaína.

“Tiramos de circulação objetos que fazem com que os detentos se comuniquem com o exterior do complexo prisional, além de armas brancas, que oferecem perigo a segurança dos reeducandos e dos próprios agentes”, destacou o coordenador de Segurança do Iapen, Leandro dos Santos.

Segundo o diretor da FOC, Rames Mesquita, o material apreendido foi levado para a delegacia de Polícia Civil e será submetido à perícia. Paralelamente, a direção da unidade abrirá uma sindicância interna para apurar se houve falhas ou facilitação na entrada desses produtos no presídio.