economia

Acre vai ganhar novo linhão para fortalecer distribuição de energia elétrica

Representantes da EDP Energias do Brasil foram recebidos pelo governador Gladson Cameli no Palácio Rio Branco, na tarde desta segunda-feira, 23, a quem anunciaram a construção de um novo linhão entre Acre e Rondônia. A obra faz parte do lote 01, leiloado este ano pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e prevê um investimento de R$ 480 milhões com a geração de 1.500 postos de empregos diretos.

Ao lado do deputado federal Alan Rick, o governador Gladson Cameli conheceu detalhes do projeto do novo linhão. Foto: Diego Gurgel/Secom

Ao lado do deputado federal Alan Rick e do presidente do Instituto  de Meio Ambiente do Acre, André Hassem, o governador conversou com Eduardo Santarelli, gestor executivo de meio ambiente da empresa, e Luiz Carlos Picasso, assessor da presidência, que apresentaram o projeto.

Segundo os executivos, o Acre será contemplado com a implantação de um linhão de 300 km, que vai se estender entre Ponta do Abunã, em Rondônia, e Rio Branco. No mesmo projeto, o estado vai ganhar uma nova subestação para distribuição de energia. A obra será construída em uma área de 12 hectares na região do Conjunto Tucumã, na capital do Acre.

Eduardo Santarelli destacou que o projeto não intercepta unidades conservação ambiental, terras indígenas ou comunidades quilombolas, o que representa quase nenhum impacto ambiental. A empresa, segundo ele, iniciou o processo de licenciamento ambiental e prevê para maio de 2022 o início dos serviços. O cronograma prevê 18 meses para a entrega.

Entusiasta do projeto, o deputado Alan Rick frisou que a geração de emprego e renda que a obra vai proporcionar corrobora com o benefício energético que o Acre terá a partir do momento em que o linhão entrar em operação.

Projeto foi apresentado ao governador. Foto: Diego Gurgel/Secom

“O benefício social que uma obra dessas vai causar impacta diretamente na economia local. Teremos, a partir da entrega desse projeto, o Acre pronto para receber grandes empresas, porque terá capacidade energética de distribuição de energia”, destacou o deputado.

Feliz com o anúncio do investimento, o governador Gladson Cameli disse que é interesse do Estado que uma obra dessa envergadura seja executada sem nenhum atropelo.

O governador garantiu que, no que depender do Acre, na questão ambiental, tudo será agilizado, respeitando os prazos e principalmente a legislação. “Venham para cá com a segurança de que vocês terão um governo parceiro. Da nossa parte, podem ter certeza que temos o maior interesse que esse linhão entre em operação”, garantiu o governador.