O índice de desocupação no mercado de trabalho registrado no Acre foi o menor entre as 27 unidades da federação, em 2023. Os dados foram divulgados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira, 16.

De acordo com a publicação, a taxa anual de desemprego no estado foi de 4,9%, o nível mais baixo da série histórica, que teve início em 2012. Ao criar 4.562 vagas, o Acre encerrou 2023 com saldo positivo na geração de empregos formais.

Índice de desocupação registrado no Acre foi o menor entre as 27 unidades da federação, em 2023. Foto: Pedro Devani/Secom

Efetivar políticas públicas que fortaleçam a criação de mais postos de trabalho e renda para a população é prioridade para a atual gestão estadual. O governador Gladson Cameli comemorou os números alcançados e reafirmou o compromisso de seguir trabalhando em prol de um estado mais próspero e com mais oportunidades para todos.

“Contribuir com a geração de novos empregos é prioridade para o nosso governo. Esse resultado é muito significativo e demonstra que estamos no caminho certo. O poder público e a iniciativa privada estão fazendo a sua parte e o nosso principal objetivo é avançar ainda mais em 2024”, enfatizou o governante.

O governo acreano tem colaborado significativamente com a economia local. Nos últimos anos, mais de 3,3 mil novos trabalhadores foram contratados para reforçar o serviço público. Além disso, as obras do Poder Executivo são responsáveis pela abertura de milhares de postos de trabalho diretos e indiretos em todas as regiões do estado.