Acre participa de encontro do Programa Educação Viária é Vital

Duas escolas acreanas foram selecionadas para a premiação (Foto: Cedida)
Duas escolas acreanas foram selecionadas para a premiação (Foto: Cedida)

Duas escolas acreanas da rede pública de ensino participaram do 5° Encontro Nacional do programa “Educação Viária é Vital”. O evento, promovido pela Fundação Mapfre, foi realizado em São Paulo, até o último sábado, 4.

Escolas de vários estados foram selecionadas para concorrer à premiação de projetos relacionados à educação para o trânsito. Do Acre, as escolas Professora Ilka Maria de Lima, de Rio Branco, e o Instituto Santa Juliana, de Sena Madureira, foram escolhidas para representar o estado.

Em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), as duas instituições realizaram, durante este ano, ações para promover a cultura de paz no trânsito, entre alunos e comunidade escolar.

Os projetos contemplados estão sendo desenvolvidos nas escolas, desde junho deste ano. “Alunos e professores da rede pública de quatro cidades acreanas participaram do programa desenvolvido pela Mapfre, que tem como objetivo desenvolver boas práticas de convivência no trânsito”, contou a pedagoga do Detran Cléia Machado.

“Nós ensinamos os alunos como agir e tomar decisões para resolver os problemas que os cercam, mostramos a forma adequada de transitar nas vias públicas, buscando sempre um trânsito seguro, com a intenção de ter a vida preservada”, afirmou a coordenadora do Instituto Santa Juliana, Sonja Priscilla de Freitas Fernandes.

A Coordenação de Educação de Trânsito do Detran é responsável pela mobilização das escolas e orientação dos projetos desenvolvidos. Ao elaborar projetos educativos, os professores lidam com a arte de proporcionar experiências que contribuem para a formação das crianças e adolescentes, de modo participativo e integrado.

A Fundação Mapfre é uma instituição espanhola que atua em 29 países da Europa e da América Latina, financiando e incentivando políticas de educação de trânsito.