planejamento

Acre lança plano para traçar metas de desenvolvimento do estado nos próximos 10 anos

Para promover desenvolvimento socioeconômico e garantir um legado significativo, o governo do Estado lançou na manhã desta terça-feira, 25, o Plano Acre 10 Anos. O lançamento oficial foi realizado no auditório do Tribunal Regional Eleitoral, em Rio Branco.

“Esse é um projeto que vai melhorar a vida do povo, gerar emprego, renda, oportunidades”, disse o governador. Foto: Diego Gurgel/Secom

O projeto é uma ação coletiva da sociedade acreana. Elaborado em parceria com a Fundação Dom Cabral, contou um investimento de R$ 3 milhões em sua elaboração e vai nortear investimentos de políticas públicas.

“Esse é um projeto que vai melhorar a vida do povo, gerar emprego, renda, oportunidades; isso vai diminuir a criminalidade. Na área do meio ambiente vamos proteger a floresta e combater o desmatamento e queimadas. Estamos hoje lançando as bases do Acre do futuro”, frisou o governador Gladson Cameli.

O secretário de planejamento, Ricardo Brandão, destacou que o plano vai ser fundamental para definir os avanços do Estado. Foto: Diego Gurgel/Secom.

De acordo com o secretário de Planejamento, Ricardo Brandão, o projeto foi iniciado no fim da gestão anterior. “O plano será colaborativo, vamos ter a inclusão da sociedade civil em diversas ações”, disse.

O gestor salientou também que o estado tem uma condição favorável para crescer, destacando que o planejamento entre município e governo é fundamental para alcançar os objetivos do plano.

O documento prevê também o aprimoramento das ações nas áreas de infraestrutura, educação, saúde, segurança e melhora da qualidade na oferta de serviços públicos.

Todas as secretarias, autarquias e entidades do Estado vão participar da execução do plano. Foto: Diego Gurgel/Secom.

O evento contou com a presença da vice-governadora, Mailza, de secretários, presidentes de autarquias, representantes de tribunais, do Ministério Público, da Defensoria Pública, universidades, bancos públicos, parlamentares e prefeitos.

O plano vai ter início em maio, e obterá suporte do recém-elaborado Plano Estratégico do Governo, que serve como norteador na execução de políticas públicas dentro dos próximos quatro anos.

O que disseram

“O objetivo do governo é deixar um Acre melhor para as próximas gerações. Todos os secretários, presidentes de autarquias, funcionários públicos e sociedade civil vão participar desse processo”

Mailza, vice-governadora do Acre

“Consequências ambientais como as que tivemos recentemente devem ser pensadas para que não ocorram no futuro. A participação de todas as instituições acreanas é importante na execução do plano.”

Danilo Lovisaro, procurador-geral do Ministério Público do Acre

“O plano é fundamental, pois precisamos saber quais rumos vamos tomar no estado.”

Tião Bocalom, prefeito de Rio Branco e presidente da Associação de Municípios do Acre