Acre e Rota Internacional serão divulgados na Copa

A proposta é divulgar Acre e Rota Internacional no Centro Aberto de Mídias (CAM) e na Fanzone (Foto: Assessoria Setul)
A proposta é divulgar o Acre e a Rota Internacional no Centro Aberto de Mídias (CAM) e na Fanzone (Foto: Assessoria Setul)

Os atrativos turísticos do Acre e a Rota Internacional – Pantanal, Amazônia, Andes e Pacífico – serão divulgados em uma das cidades sedes da Copa do Mundo. O local escolhido foi o estado de Mato Grosso, por integrar o destino.

A proposta é de que a divulgação seja no Centro Aberto de Mídias (CAM) e na Fanzone – a CAM corresponde à área destinada aos jornalistas que cobrirão o evento, enquanto a Fanzone diz respeito ao espaço que o governo brasileiro irá montar dentro dos aeroportos para servir de apoio aos visitantes estrangeiros na entrada e saída do país.

A decisão foi tomada a partir de reunião realizada no Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) na manhã desta terça-feira, 29, à qual estiveram presentes a diretora do Departamento de Produtos e Destinos, Delma de Andrade, a chefe de gabinete do presidente, Kátia Bitencourt, e a diretora do Departamento de Mercados Internacionais, Leila Holsbach, além da secretária de Turismo e Lazer do Acre, Rachel Moreira, da representante do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) do Acre, Sirlânia Venturin, e do assessor de projetos da Secretaria de Desenvolvimento do Turismo do Mato Grosso, André Ribeiro.

A proposta é municiar turistas e jornalistas, presentes ao evento, de informações em forma de release, com fotos, para que conheçam e divulguem o roteiro nos veículos em que atuam, no caso dos jornalistas, como explica Rachel Moreira: “Além de divulgarmos o roteiro para os turistas que irão assistir aos jogos, também o apresentaremos aos jornalistas, que são formadores de opinião e que, portanto, podem dar grande visibilidade ao destino”.

A secretária de Turismo do Acre informa ainda que a intenção é aproveitar a estada de um grande público naquela capital para divulgar a rota e os atrativos que fazem parte do roteiro integrado.

“Vamos trabalhar não apenas na divulgação nesses espaços, mas com a perspectiva de que os estados encaminhem materiais a serem reproduzidos  em todos os canais de comunicação da Embratur”, afirmou Kátia Bitencourt.

Pós-Copa 

Depois de terminada a Copa, a intenção é elaborar um projeto nos moldes do Goal Brasil – série de eventos idealizados pela Embratur para promover, internacionalmente, os atrativos turísticos das cidades-sedes da Copa do Mundo 2014.

A principal característica do Goal é estimular a troca de experiências e proporcionar novas parcerias comerciais entre operadores brasileiros e internacionais.

Na edição a ser elaborada para divulgação da rota, será aberto espaço para que os estados que integram o itinerário levem seus operadores de turismo receptivo a participarem dos encontros de negócios.

“A ação tem como objetivo promover produtos turísticos brasileiros no mercado internacional, incentivando o intercâmbio comercial, por meio de reuniões entre empresários nacionais e internacionais”, explica Leila Holsbach.

André Ribeiro defende a divulgação da rota na Europa e nos Estados Unidos.
Leila Holsbach concorda e acredita que o Acre, por sua proposta de turismo de vivência e ecoturismo, deva ser amplamente divulgado no mercado europeu e americano, locais onde o público desse seguimento de turismo está mais concentrado.