segurança

Acre alcança maior queda no índice de homicídios do país, revela pesquisa nacional

“Mais do que satisfação, esses resultados trazem o incentivo e a certeza que todos os integrantes das forças policiais do Acre ainda podem entregar mais ao estado, pois são competentes e comprometidos naquilo que fazem”. Assim, o titular da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Paulo Cézar Rocha dos Santos, recebeu o último cálculo estatístico do Monitor da Violência, criado pelo G1, que mostra o índice nacional de homicídios, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.    

Houve uma redução de 37,3% das MVI no estado e redução de 4% nos roubos ocorridos na Capital, tomando como referência o mesmo período de 2020 Foto: Arquivo Sejusp

De acordo com o estudo, o Brasil teve uma queda de 4,7% nos assassinatos nos primeiros nove meses deste ano, na comparação com o mesmo período de 2020, com o Acre registrando a maior queda no país: -29,7%.

Tecnicamente, o titular da Sejusp voltou a apontar a retomada da disciplina nos presídios, o aumento de recursos (humanos, financeiros, tecnológicos e logísticos), o intermitente combate aos crimes fronteiriços e a integração das forças, como fatores determinantes para os bons resultados.

Segundo o secretário Paulo Cézar, o alcance da efetividade dos pilares estratégicos, por ele elencados, é resultante da retomada do pulso forte do Estado contra a criminalidade, proposta pela gestão do governador Gladson Cameli, a partir de 1º de janeiro de 2019, e pela atuação integral, doada ao Estado, de cada operador do Sistema Integrado de Justiça e Segurança Pública, no período”. 

No total, segundo o levantamento, que compila os dados mês a mês, e que faz parte do Monitor da Violência (uma parceria do g1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública), o país registrou 30.954 assassinatos nos primeiros nove meses deste ano, 1.517 mortes a menos que no mesmo período de 2020. 

Mais números

O Observatório de Análises Criminais do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), registrou, no período de janeiro a outubro de 2021, uma queda expressiva nos índices de Mortes Violentas Intencionais (MVI) no estado do Acre, e uma leve redução nos índices de roubo em Rio Branco.

O informativo mensal do MP estadual, publicado em novembro, mostra que, no período de janeiro a outubro de 2021, houve uma redução de 37,3% das MVI no estado e redução de 4% nos roubos ocorridos na Capital, tomando como referência o mesmo período de 2020.